JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 25 de setembro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Raiane Duarte PARALELO MERIDIANO 19/08/2021


Continua depois da publicidade


CSI da vida real: É possível resolver crimes antigos?

Foto/Reprodução

 

 

Entre os casos citados no vídeo da coluna de hoje, está o da Carla Walker, líder de torcida assassinada em 1974




Continua depois da publicidade


 

A ficção nos apresenta diversas séries e filmes policiais sobre a resolução de crimes. Alguns, inclusive, contornados pela ciência forense, o que nos faz pensar: será que é realmente possível solucionar crimes antigos com auxílio de tecnologias? Há pouco tempo, uma reportagem da Revista Galileu chamou atenção, por noticiar que um assassino foi identificado por meio da menor amostra de DNA trabalhada do mundo, isso após 32 anos do acontecido. 

No vídeo, é abordado este caso em específico, que é o da adolescente Stephanie Isaacson, assassinada em 1989, em Las Vegas, quando ia para a escola. Os profissionais do laboratório Othram, no Texas, especializado em episódios criminais arquivados, construíram um perfil genético a partir da evidência, comparando-a com bancos de dados de ancestralidade. Outros três casos, que estão sendo trabalhados [ou foram] por cientistas, também são apresentados no vídeo. Confira:  

A coluna Paralelo Meridiano é publicada às quintas-feiras. Mais conteúdo no Instagram @paralelo.meridiano!

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia