JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 22 de maio de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Gisele Barcelos CHECKLIST MUNDO 11/04/2022



Uma viagem com sabor de chocolate

Se você é um chocólatra de plantão, a chegada da Páscoa é sempre bem-vinda com a oferta de inúmeras delícias em todos os cantos. De bônus, o período ainda assegura uma folga no trabalho e a oportunidade de aproveitar o feriado para conhecer um novo lugar.

Então, por que não aproveitar esse tempo e fazer um roteiro especial inspirado pelo chocolate no Brasil? As opções de destino vão muito além das fábricas em Campos do Jordão (SP) e Gramado (RS). Atualmente, é possível visitar fazendas centenárias dedicadas à produção do cacau e conhecer o passo-a-passo da produção do doce.

Por isso, a coluna de hoje reuniu opções de destino para você preparar as malas e aproveitar o feriado para uma viagem deliciosa. Confira:

Sul da Bahia - Ilhéus e Itacaré

O turismo na Bahia vai muito além das praias e oferece ótimas opções de passeios para quem quer sair do tradicional. Dentro dessa proposta, foi até lançada em 2017 a Estrada do Chocolate, a primeira estrada temática da Bahia. A via é emoldurada pela mata atlântica, cortando rios e fazendas centenárias no Sul da Bahia.

As fazendas de cacau nas cidades de Ilhéus e Itacaré, por exemplo, são um prato cheio (de chocolate) para quem quer um roteiro mais cultural e gastronômico. Na região, estão concentrados os principais produtores de cacau fino do Brasil.

Ilhéus viveu seu auge principalmente durante os anos 1920, época em que o cacau garantiu o enriquecimento de diversas famílias que exportavam o produto principal utilizado para a fabricação do chocolate. Após anos e anos de prosperidade, a chegada da praga chamada vassoura-de-bruxa arrasou as lavouras de cacau locais, em meados de 1989.

Hoje as fazendas da região conseguiram se reerguer e oferecem experiências diferentes para quem está disposto a conhecer como funciona uma lavoura cacaueira, do plantio à secagem das amêndoas (como são chamados os “caroços” do cacau), além de descobrir diferenças entre os mais diversos tipos do fruto.

A maioria das propriedades no Sul da Bahia oferece visitas guiadas permitindo um tour por todo o ciclo do cacau, desde sua plantação até os processos realizados após a colheita para a fabricação do chocolate. O valor do passeio gira em torno de R$ 100 por pessoa.

Além do tour xom degustação, há também fazendas onde os turistas podem se hospedar no casarão histórico e dormir em quartos com a mobília da época. É o caso da Fazenda Provisão, em Ilhéus, e Vila Rosa em Itacaré.

Pará - Ilha de Combu




Continua depois da publicidade


A 15 minutos de barco do centro de Belém do Pará, a Ilha se tornou conhecida por vender chocolates 100% artesanais. O sabor do doce produzido na Ilha de Combu é super diferente do chocolate industrializado que estamos acostumados a comer. Ele é bem intenso e a textura é mais arenosa.

O que torna o cacau parabéns especial é o fato de que el não foi trazido de nenhum outro lugar. O fruto nasce na Cordilheira dos Andes e é disseminado pelo Rio Amazonas. Ou.seja, ele está em seu habitat natural. Em Combu, os moradores vivem nos rios que cortam a ilha e, em meio à mata, vivem árvores de cacau, cupuaçu e pupunha.

As sementes do fruto extraído em meio à mata também passam por uma processo de fabricação especial. Elas são descascadas e moídas para formar uma mansa densa e super cheirosa. Essa massa 100% cacau é embrulhada na folha da própria árvore e pronto! Produto 100% natural e orgânico, sem adição de nada industrializado.

Além de acompanhar o processo de produção do chocolate do Combu, quem se aventura nesse passeio guiado por dona Nena, a mais famosa produtora da região, pode ver de perto sua plantação de cacau, respirar um pouco do ar puro desse pedacinho de floresta amazônica no Pará e até conhecer uma imensa samaúma, a rainha da Amazônia.

Interior de São Paulo - Itu

Se este ano não der para escolher uma viagem a um lugar mais distante, outra opção de turismo para os chocólatras fica em Itu, no interior de São Paulo. O município costuma atrair turistas por possui objetos gigantes, mas também possui um roteiro destinado ao doce feito com cacau.

Em uma visita a Fazenda do Chocolate, o turista poderá entender como funciona as etapas de secagem do cacau e participar de uma oficina de produção de chocolate. No local, também é possível saborear um almoço em estilo caipira aos fins de semana e apreciar a arquitetura histórica e colonial da propriedade.

Passeio em qualquer época
As atrações envolvendo chocolate desses destinos na Bahia, no Pará e em São Paulo não ficam disponíveis apenas na Páscoa. Durante todo o ano você pode fazer uma visita e conhecer o processo de produção, plantação e degustar variações dessa iguaria. Se não puder ir neste feriado, é só anotar as dicas e escolher uma nova data para visitar um desses destinos de dar água na boca.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia