JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 21 de outubro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Gisele Barcelos CHECKLIST MUNDO 27/09/2021


Continua depois da publicidade


Capitólio inaugura circuito de tirolesa e canoismo em meio aos cânions

Destino cobiçado nos feriados prolongados, Capitólio promete se transformar em um megacomplexo de ecoturismo de aventura nos próximos cinco anos. A cidade mineira banhada pelo lago de Furnas vai receber um investimento de R$ 135 milhões para a implantação de três parques e um resort até 2026.

Um dos parques é voltado para a contemplação da natureza e prevê a construção de oito mirantes em estruturas metálicas sobre os cânions e o lago, bem como a criação de trilhas que levam a piscinas naturais. A estrutura já conta com centro de visitação e uma ponte suspensa com 110 m de cumprimento e 50 m de altura, inaugurada no fim do ano passado.

O segundo parque é destinado para o turismo de aventuras e foi lançado na última semana, com a inauguração do circuito de tirolesa e de canionismo.

A nova tirolesa em Capitólio com 600 metros (ida e volta) de extensão e 100 m de altura. No circuito de canionismo, são quatro rapéis que consistem na descida dos paredões da cachoeira dos Cânions — o principal atrativo do lago, com cerca de 78 m de altura. Para praticar a tirolesa, o adepto do esporte terá de desembolsar R$ 80. Já para o canionismo, o preço é de R$ 250.




Continua depois da publicidade


No Parque de Aventuras, ainda estão previstos um circuito de arvorismo, rapel mecânico, atividades náuticas no lago e um megabalanço, que impulsionaria o visitante sobre os cânions.

Por conta da pandemia, os parques de Contemplação e de Aventura poderão receber até 500 pessoas simultaneamente por dia para aproveitar as atividades já em operação. A entrada custa R$ 40.

Além disso, no próximo ano, está programado o início das obras de construção de um resort, que contará com 314 apartamentos em uma área total de 129 hectares localizada entre o lago de Furnas e o Parque Nacional Serra da Canastra. Entre as atrações do empreendimento está uma piscina de borda infinita debruçada sobre o lago de Furnas.

Já o Parque Aquático foi inspirado no Grandes Lagos e terá piscinas de ondas, rio lento, espaços família e kids com toboáguas, além de brinquedos radicais. Completam a estrutura estacionamento e área de alimentação. A ideia é que os parques naturais, o resort e o parque aquático tenham entrada independente.

*Gisele Barcelos é uma jornalista viajante, apaixonada por pesquisar novos destinos e montar roteiros para aventuras pelo mundo afora. Além do conteúdo para o portal do Jornal da Manhã, é autora do blog Checklist Mundo e do instagram Checklist Mundo, onde compartilha dicas para ajudar todo mundo a viajar mais e melhor.

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia