JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 21 de outubro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Gisele Barcelos CHECKLIST MUNDO 23/08/2021


Continua depois da publicidade


Viajantes brasileiros já podem emitir certificado de vacinação contra a Covid-19

Quem pretende viajar nos próximos meses e já concluiu o esquema de imunização contra a Covid-19 agora pode emitir o comprovante de vacinação no aplicativo Conecte-SUS em português, inglês ou espanhol.

O Ministério da Saúde afirma que o comprovante da vacina contra a Covid-19 deve estar disponível no aplicativo em até 10 dias após a data da aplicação da dose. Caso isso não aconteça, a orientação é procurar o local de vacinação ou a Secretaria Municipal de Saúde para solicitar o envio das informações para a Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS).

O certificado de vacinação tende a ganhar cada vez mais relevância à medida que estados e municípios anunciam a flexibilizações de horários e reaberturas de atrações turísticas. No Rio de Janeiro, por exemplo, a ideia é que a partir de setembro seja necessário comprovar a vacinação para participar de festas e eventos.

A médio e longo prazo, o recurso do Conecte SUS também pode ser útil para quem planeja viajar a países que permitem a entrada de brasileiros mediante a apresentação de comprovante de vacinação, como é o caso da França, Suíça e Alemanha.

No entanto, o certificado ainda não possui validade internacional. De acordo com as informações do Ministério da Saúde, alguns países já estão aceitando, mas está a critério de cada nação estrangeira decidir se aceitará ou não o documento brasileiro. Por esse motivo, o governo federal recomenda sempre consultar as orientações junto à embaixada do país de destino.

Para viagens internacionais, também importante verificar o tipo de vacina aplicado. No caso dos países-membros da União Europeia, por exemplo, são aceitos os imunizantes da Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Janssen. A Coronavac ainda está sendo analisada pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês), órgão regulador que equivale à nossa Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Veja, a seguir, o passo a passo para criar uma conta no sistema do governo e obter o certificado digital de vacinação contra a Covid-19:

O acesso ao comprovante de vacinação é feito através da sua conta no gov.br, a plataforma do Governo Federal que facilita a identificação do cidadão em todos os serviços públicos digitais. Caso ainda não tenha, será preciso criar sua conta no site. Basta escolher entre uma das opções de cadastro (a mais simples é através do CPF).




Continua depois da publicidade


Em seguida, o viajante que completou a imunização precisa baixar o aplicativo Conecte-SUS. No bloco azul intitulado “Cidadão”, clique em “Acessar” e depois em “Entrar com gov.br”. Ali você deverá digitar o CPF e a senha criada para o sistema do governo.

Ao entrar no aplicativo, o usuário será automaticamente levado para a página inicial do Conecte SUS. Clicando no ícone “Vacinas”, você verá as informações sobre qual tipo de imunizante recebeu, o número de doses aplicadas, o lote e o local de vacinação. Na parte inferior da página há também o botão “Carteira de Vacinação Digital”.

Ao clicar no botão Carteira de Vacinação, automaticamente será gerado um documento com as informações do cidadão e das vacinas aplicadas, além de um QR Code que poderá ser utilizado pelas autoridades competentes para validar o documento.

Para baixar o certificado, é só clicar na opção "PDF" na parte superior da página. Será feito o download do documento para o telefone ou computador do usuário. Ele é válido por um ano em todo território nacional.

Para quem já tomou duas doses do imunizante, ou a dose única da Jansen, a plataforma permite que o certificado seja emitido em português, inglês e espanhol. A opção está na parte de cima, com as bandeiras dos três países, ao lado do botão para gerar o PDF.

Para quem tomou uma dose apenas da vacina contra a Covid-19, o aplicativo emite o documento automaticamente em português, sem dar a opção de outros idiomas.

 

*Gisele Barcelos é uma jornalista viajante, apaixonada por pesquisar novos destinos e montar roteiros para aventuras pelo mundo afora. Além do conteúdo para o portal do Jornal da Manhã, é autora do blog Checklist Mundo e do instagram Checklist Mundo, onde compartilha dicas para ajudar todo mundo a viajar mais e melhor.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia