JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 21 de outubro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Gisele Barcelos CHECKLIST MUNDO 16/08/2021


Continua depois da publicidade


Cruzeiros marítimos devem retornar ao Brasil em outubro

Paralisado desde março de 2020 por causa da pandemia de Covid-19, o segmento de cruzeiros marítimos começa a articular o retorno das operações no Brasil. Medidas sanitárias estão sendo discutidas para viabilizar o início da temporada 2021/2022 em 31 de outubro deste ano.

A Costa Cruzeiros e a MSC Cruzeiros serão as companhias navegando por aqui no período. A previsão dos operadores de cruzeiros no Brasil é a volta de sete navios ao país, oferecendo um total de 130 roteiros para 14 destinos.

Veja também: Viagem de cruzeiro: prós e contras de uma aventura em alto-mar

A programação da temporada 2021/2022 prevê que os navios aportem em destinos nacionais como Rio de Janeiro, Salvador, Balneário Camboriú, Cabo Frio, Ilha Grande, Ilhéus, Maceió e Recife. Com a abertura de fronteiras, também devem ser incluídas paradas e escalas nos portos de Buenos Aires, na Argentina, e Punta del Este e Montevidéu, no Uruguai.

Os viajantes, entretanto, devem se preparar para mudanças antes e depois de subir a bordo. Devido ao cenário pós-Covid, protocolos sanitários foram estabelecidos pelas própria operadoras e seguem os métodos já adotados internacionalmente para a retomada das viagens de navio.

Além de limitar o número de passageiros a 70% da capacidade máxima, o plano de retomada dos cruzeiros inclui desde testes de Covid antes do embarque e reserva de cabines para possíveis quarentenas até pulseiras e colares para detecção de aglomeração e aumento da temperatura. As companhias também precisarão trabalhar com a possibilidade de remoção imediata de pessoas com covid para hospitais privados.




Continua depois da publicidade


Para quem sonha em fazer um cruzeiro, a coluna #ChecklistMundo preparou um resumo dos protocolos que valerão nesta próxima temporada. Confira:

EMBARQUE
Teste pré-embarque em todos os hóspedes com triagem rigorosa feita por um corpo médico em cada porto. Tripulantes com três testes antes do embarque (na cidade onde moram, na chegada do avião ao destino de onde o navio parte e uma terceira vez antes de embarcar) e a cada semana a bordo.

CAPACIDADE MENOR
A princípio, os navios vão operar com 70% da sua capacidade máxima de hóspedes.

A BORDO
Uso de máscaras em momentos indicados, distanciamento físico, menor ocupação, ar fresco sem recirculação, desinfecção e higienização constantes.

SAÚDE A BORDO
Plano de contingência, corpo médico especialmente treinado para avaliações constantes, monitoramento contínuo por dispositivos pessoais e pela tripulação treinada, estrutura com todos os modernos recursos para atendimento dos hóspedes e tripulantes.

EXCURSÕES
Protocolos especiais, coordenação com os municípios, cancelamento do reembarque para hóspedes que não cumprem as regras.

*Gisele Barcelos é uma jornalista viajante, apaixonada por pesquisar novos destinos e montar roteiros para aventuras pelo mundo afora. Além do conteúdo para o portal do Jornal da Manhã, é autora do blog Checklist Mundo e do instagram Checklist Mundo, onde compartilha dicas para ajudar todo mundo a viajar mais e melhor.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia