JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 19 de novembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Gisele Barcelos CHECKLIST MUNDO 19/08/2019

A primavera se aproxima e os ipês já começam a colorir a paisagem da cidade com suas diversas cores. Para quem ama o verde e quer relaxar, seguir as trilhas floridas pode ser uma excelente inspiração para viagens pelo Brasil ao longo dos próximos meses.

Para te ajudar a organizar os passeios de primavera, confira uma lista de cidades cheias de jardins e parques coloridos onde tudo são flores na viagem.

Tulipas - dos campos da Holanda para o Brasil

Um dos lugares mais famosos pela paisagem florida é Holambra no interior de São Paulo, que todos os anos dá boas vindas à primavera com a Expoflora no fim de agosto.

Já reconhecida no Brasil como a Cidade das Tulipas, Holambra parece um pedacinho da Holanda no interior do Brasil. Além das flores típicas da Europa, a arquitetura também replica um pequeno vilarejo do velho continente e os moinhos completam o ar charmoso da paisagem local.

Cerejeiras - um toque de Japão em pleno território tupiniquim

Sonha em vivenciar a Sakura no Japão, mas ainda falta o dinheiro? Saiba que é possível experimentar um pouco dessa magia sem precisar deixar o país. Várias cidades da região Sul e Sudeste contam com parque cheios de cerejeiras e o início da floração costuma até ser celebrada com festa.

Em Frei Rogério, Santa Catarina, as 3 mil cerejeiras do Parque Sakura atraem cerca de 1.500 pessoas ao longo de agosto para acompanhar o desabrochar das flores, celebrado inclusive com apresentações culturais, cerimonial do chá, danças, caligrafia japonesa, e comidas típicas ao ar livre. A paisagem fica ainda mais completa com a presença dos 1.500 pés de ipê e 10 mil árvores ornamentais.

Outra opção é Campos do Jordão, em São Paulo. Apesar de ser lembrada por seus chalés e atrações de inverno, a cidade também é uma ótima pedida no período da primavera e abriga o Parque das Cerejeiras Vila Albertina. Para completar, o destino conta ainda com os jardins ornamentais do Parque Amantikir que vão render lindos cliques de viagem para o Instagram.

A rota da cerejeira também pode te levar a Domingos Martins, no Espírito Santo. O Parque Estadual Pedra Azul faz parte das atrações capixabas em qualquer estação do ano, mas durante o inverno uma outra atração especial atrai turistas de todas as regiões: as belas cerejeiras do bosque Kaoru Kumazawa, também conhecido como Bosque das Cerejeiras, localizado em uma fazenda particular e aberto para visitação ao público.

Além disso, é possível aproveitar uma visitinha a São Paulo e dar um pulo no Parque do Carmo. Entre pinheiros e ipês, o bosque tem ao todo 1.500 Sakuras de três variedades, cultivadas há 40 anos e que encantam visitantes até hoje.

Nossos próprios campos de lavanda

Quem já visitou a França ou a Inglaterra na primavera sabe como são impressionantes os extensos campos de lavanda e não dá para resistir à vontade de sair correndo de braços abertos por lá.

A boa notícia é que paisagens como essas também estão presentes no Brasil. Conhecida pela produção de cerâmica e por atividades de ecoturismo, Cunha exibe um lavandário que pode ser visitado ao longo de todo o ano. É possível fazer passeios pela plantação, experimentar a colheita de flores, aproveitar tratamentos relaxantes com óleos de lavandas e saoberear pratos em que as receitas incluem a planta como ingrediente.

A lavanda também tem um lugar reservado em Gramado. Em uma propriedade de 3,5 hectares, foi instalado em 2006 o parque Le Jardin, que apresenta aos visitantes espécies inéditas de lavanda, estufas de produção de flores e um pequeno café.

Além disso, as cidades da Serra Gaúcha também mostram o colorido especial das hortênsias, que estão por toda a parte durante a estação das flores.

*Gisele Barcelos é uma jornalista viajante, que adora pesquisar e montar roteiros para aventuras pelo Brasil e exterior. Além de escrever sobre política no Jornal da Manhã, é autora do blog Checklist Mundo, onde compartilha suas andanças e experiências pelo mundo afora.

 

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia