JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 04 de dezembro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Reginaldo Baleia Leite REGINALDO LEITE 16/10/2021


Continua depois da publicidade


GP da Turquia

Após anos sem corridas em Istambul, a F1 voltou ao ótimo circuito turco ano passado graças a epidemia. E por conta do covid-19, retornou ao calendário já que não constava no calendário oficial de 2021. Desta feita, entrou na data do GP do Japão. País que realizou uma Olimpíada em 2021 e disse não para uma etapa da F1. Como entender a mente das autoridades japonesas? Ano passado vimos uma corrida maluca e histórica neste traçado. E que deu muita mão de obra para os pilotos e equipes. Neste ano a corrida inteira foi disputada com a pista molhada.

A sexta-feira foi comandada por Lewis Hamilton, TL 1 e TL 2. No segundo treino, a surpresa foi ver Leclerc na segunda posição a 0,166 s de Lewis. Já no sábado, no TL3, a surpresa foi maior ainda, ao vermos Gasly liderar seguido de Max e Perez. Lewis deu apenas cinco voltas. Não colocando em risco seu equipamento, pensando que no domingo as condições de pista seriam diferentes. Porém, na classificação liderou todas as fases, ficando com a pole, seguido de Bottas, Max e Leclerc. Lewis foi penalizado pela troca do motor, UCI*, e largou de décimo primeiro.

Saudades. Ao ver uma imagem aérea do autódromo na TV antes da corrida, a pista de Istambul Park me lembrou a de Interlagos em várias ocasiões. A visão era formada de uma nuvem fina que envolvia toda a região. Uma visão tipicamente paulistana.

Denorex. Uma corrida com piso húmido sempre nos trouxe boas emoções. Porém, desta feita não foi bem assim. Bottas largou muito bem da pole e foi ameaçado por ninguém. Liderando a maior parte da etapa e nunca sofreu ameaças de nenhum adversário. Não liderou apenas quando realizou sua troca de pneus. Uma garoa fina e um sistema de escoamento deficiente não permitiram que a pista secasse ou mesmo formasse um trilho durante toda extensão do circuito. Apenas em locais distintos.

Cautela. Hamilton foi de novo cuidadoso na largada, e ainda assim na primeira volta ultrapassou Vettel que havia largado melhor que ele. Ganhou também a posição de Alonso, que saiu da pista ao sofrer um toque por um ensanduichado Gasly, que sofreu uma punição de cinco segundos pelo toque no hispânico. Mesmo tendo Perez por dentro na mesma curva.

Escalada. Lewis demorou nove voltas para conseguir superar o arrojado e defensivo Tsunoda e na sequência superou Stroll sem dificuldade. E também não demorou muito para alcançar e superar Norris, assumindo a sexta posição. E partiu para diminuir sua diferença para Gasly e os ponteiros que eram Bottas, Max e Leclerc. Fazendo uma sequência de melhores voltas. E alcançando Gasly. Enquanto isso, atrás, Sainz Jr, que largou da última fila junto com Ricciardo, realizava uma bela recuperação.

Espanto geral. Na volta quatorze, Lewis superou Gasly sem a menor dificuldade, quando todos esperavam uma resistência a lá Tsunoda. O próximo alvo era Perez, que tinha seis segundos à sua frente. Lewis demorou vinte voltas para chegar no mexicano, e quando tentou fomos presenteados com a melhor disputa da etapa, com o inglês e mexicano chegando a tocar rodas. Foi uma disputa bela e honesta.

Verstappen foi o primeiro dos ponteiros a trocar pneus saindo de intermediários. Bottas parou na volta seguinte (38) e Perez na sequência. Leclerc assumiu a ponta por não ter parado. Nessa hora Vettel parou e saiu com pneus médios, o que se mostrou uma tacada errada pois mal conseguia ficar na pista. Chegou a sofrer uma rodada no acesso da entrada dos boxes. Após efetuar outra troca voltando para os intermediários.




Continua depois da publicidade


Paralelamente, Sainz Jr. efetuava sua troca quando os mecânicos da Ferrari se atrapalharam e gastaram 8 segundos na operação, atrapalhando sua ótima corrida de recuperação até ali.

Leclerc liderava a etapa com Bottas no encalço. O monegasco chegou a errar uma freada e saiu do traçado facilitando a chegada de Bottas. No rádio, Leclerc perguntava para seu engenheiro se podia concluir a etapa com os pneus que havia largado, e ouviu um sim.

Piada do dia. Mais a frente Leclerc, volta 45, pergunta ao seu engenheiro: O que precisava ou teria que fazer para ganhar a corrida? E escuta uma resposta direta, nada anormal "É só terminar na frente de Bottas” -- sendo que este já estava há um segundo do piloto vermelho. Bottas superou Charles duas voltas depois. Esse diálogo virou piada na mídia posteriormente. Leclerc efetuou sua troca logo depois de ser superado por Bottas.

Lewis foi chamado aos boxes ainda na volta 41 e não entrou. Mas, na volta 51 recebe a ordem da equipe “Você tem que parar agora, senão termina atrás de Gasly”, que na hora era sexto. Obedeceu na hora. Lewis voltou à frente de Gasly com 3 segundos de vantagem. Lewis não se entendeu bem com os pneus novos e logo foi alcançado pelo francês, que tinha Norris seguindo perto. Pouco depois Lewis conseguiu se adequar aos pneus novos e conteve o ataque do francês. Mas não conseguiu ameaçar Leclerc. Nos momentos finais da etapa, questionou a equipe sobre ordem de parada. Após o término da corrida foi informado que Ocon conseguiu realizar uma etapa completa sem trocar seus pneus. E aí a coisa rendeu nos bastidores.

Ao final Bottas ganhou com autoridade, Max fechou em segundo, potencializando um final de semana que não páreo para a equipe alemã, e Perez completou o pódio. Bottas não subia na posição de honra há mais de um ano e Perez não o frequentava no pódio desde o GP da França em junho. Já Max é um habitué em 2021.

*UCI é a unidade de combustão interna que junto com a MGU K (motor elétrico que gera 160hps), e MGU H (converte gases de escape em energia elétrica) como unidades principais. Completam a Unidade de Potência o TC turbo, ÉS bateria e ECU unidade de controle eletrônica. Esse conjunto de unidades vigora desde 2014.




** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia