JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 03 de dezembro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Gisele Barcelos CHECKLIST MUNDO 09/11/2020


Continua depois da publicidade


Minas Gerais ganha selo de destino turístico seguro

Habilitação foi feita pela Word Travel & Tourism Council, que analisou os protocolos sanitários do programa Minas Consciente

Ouro Preto

Protocolos sanitários do plano Minas Consciente foram analisados e aprovados pela World Travel & Tourism Council (WTTC), ou Conselho Mundial de Viagens e Turismo na tradução em português, que reconheceu o Estado como destino seguro para receber turistas. Com isso, MG é agora o oitavo brasileiro a conseguir o selo Safe Travels (Viagem segura).

As diretrizes sanitárias do Minas Consciente são a base para retomada gradual de atividades nas empresas da cadeira turistica e também foram aplicadas na condução do programa Minas pra Minas, que busca o reposicionamento do Estado como destino turístico.

Para a World Travel & Tourism Council (WTTC), as normas sanitárias criadas pelo governo mineiro estão de acordo com as recomendações internacionais da Organização Mundial da Saúde (OMS), do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) e também de órgãos de turismo envolvidos. Com isso, o destino Minas Gerais foi certificado com o selo de Viagem Segura da WTTC,  que atesta destinos aptos em todo o mundo a receber turistas com qualidade e segurança diante do cenário da Covid-19.




Continua depois da publicidade

A partir da autorização do uso da marca de segurança da WTTC, o governo mineiro dará início ao processo de elaboração de procedimentos para solicitação do selo também para Instâncias de Governança Regionais, destinos turísticos mineiros, empresas habilitadas no programa Minas Recebe e para a iniciativa privada.

Até agora, mais de 1.200 empresas e 80 destinos têm o selo Safe Travels (Viagem Segura). Os primeiros países a serem certificados foram Portugal e Emirados Árabes. Na América do Sul, apenas Argentina, Colômbia, Equador, Paraguai e Peru possuem a certificação.

No Brasil, os Estados de Alagoas, Ceará, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Santa Catarina e São Paulo já adquiriram o selo, além das cidades de Bento Gonçalves e Canela (RS), Florianópolis (SC), Pipa (RN), Salvador (BA) e São Lourenço do Sul (RS).

Podem solicitar o selo hotéis, restaurantes, companhias aéreas, cruzeiros, operadoras de turismo, atrações, empresas de locação de carros, transporte, aluguel de curta temporada, centros de compras ao ar livre, turismo de aventura e aeroportos. 

*Gisele Barcelos é uma jornalista viajante, apaixonada por pesquisar novos destinos e montar roteiros para aventuras pelo mundo afora. Além do conteúdo para o portal do Jornal da Manhã, é autora do blog Checklist Mundo e do instagram Checklist Mundo, onde compartilha dicas para ajudar todo mundo a viajar mais e melhor.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia