JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 05 de agosto de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Articulistas

Outros Articulistas

Luiz Cunha

O sucesso brasileiro nos e-sports

Electronic sports, para quem não conhece, é uma competição de videojogos que pode decorrer online ou offline. Este conceito de torneios de videojogos a nível profissional tem ascendido exponencialmente na indústria, e tem sido um tópico bastante popular nos media e nas redes sociais.

Podemos mesmo fazer a associação com outros esportes, como o pôquer, por exemplo.

A ascenção do nível profissional nos e-sports é muito semelhante ao que aconteceu com o pôquer, ambos os esportes não eram reconhecidos como tal no seu início, até que finalmente a sua popularidade e dinheiro investido nestes torneios fez a diferença. 

Um dos jogos competitivos mais populares na atualidade é o Counter-Strike Global Offensive, um jogo de first person shooter que foi lançado em 2012 em continuação com a saga dos jogos da Valve de Counter Strike. Durante o mês de Julho de 2017 decorreram dois dos grandes torneios deste videojogo, o major da PGL 2017 em Krakow e o minor ESL One Cologne 2017. Ambos campeonatos tiveram lugar em grandes arenas e estádios de modo a ser possível acomodar as milhares de pessoas que procuram assistir a estes jogos ao vivo. Equipas de e-sports brasileiras marcaram presença em ambos torneios, e têm sido algumas das equipas mais populares entre a comunidade.

 SK Gaming foram os grandes vencedores da ESL Cologne 2017 após vencerem a equipa norte-americana Cloud 9 por 3 mapas a 0. A equipa brasileira já conta com bastantes anos de experiência que foram demonstrados durante o campeonato, através de uma grande sinergia entre a equipa e o pensamento estratégico individual dos seus jogadores. No entanto, a equipe brasileira foi eliminada nos quartos-de-final do major da PGL que decorreu em Krakow por outra equipa veterana de Counter Strike Global Offensive, a equipa Astralis que avançou para a próxima fase das semifinais após vencer por 2 mapas a 0. 

Os Immortals são outra equipa de e-sports brasileira que também marcou presença na PGL. Esta equipa formada recentemente, surpreendeu toda a comunidade de videojogos ao conseguir chegar até à grande final do major, desafiando a equipa europeia Gambit Esports, uma equipa de CS:GO que desde 2016 já acumulou 6 primeiros lugares nas competições em que participou. Apesar de os underdogs se terem tornado os favoritos neste torneio, os Gambit encerraram o campeonato ao vencer os Immortals no terceiro mapa, dando o resultado final de 2-1.

É assim possível confirmar que as equipas profissionais de e-sports brasileiras têm marcado presença nos torneios internacionais de videojogos, para além de garantirem um lugar no pódio em tais torneios, sendo as equipas SK Gaming e Immortals as favoritas. Os diversos torneios podem ser assistidos em várias plataformas de transmissão ao vivo online como a Twitch ou o Youtube, no entanto, canais televisivos de desporto tal como a ESPN, que são conhecidos por manter atualizações de jogos de baseball, basketball, futebol, pôquer e fórmula 1 já fazem também a transmissão ao vivo de alguns dos torneios de E-sports.

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ. O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.
DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia