JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 22 de outubro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Articulistas

Outros Articulistas

Guilherme Oliveira Magalhães

4º andar

Eis que estou a dispersar as chances famigeradas que DOIS (2) corpos unindo-se podem desenvolver em sublime maestria convencional. Para alguns podemos classificar como seres congruentes, mas para a maioria significa ascensão transcendental! Perfeito… Aonde iremos buscar o 4º andar? 

Entenda que o 4º andar é simplesmente um local de sinergia, de compreensão, de capacidade ilibada em demonstrar afeição, ternura, carinho, e principalmente, Amor! Esse, sim, é a mola mestre que faz o 4º andar ser construído, ser soberano, ser imponente!

Quando tenho a possibilidade de incutir-me ao 4º andar, entre fumaças esvoaçantes e suspiros ofegantes, fagulhas disparam do meu Músculo Supremo! Atordoado ou não, busco sempre reconhecer o futuro momentâneo que há tempos entendia estacionado… Há tempos entendia perdido… Há tempos entendia adormecido!

E o que o faz pensar sobre o 4º andar? Qual significado terá em sua Vida? Que prazeres ou dissabores ocorrerão ao redescobrir seu 4º andar?

Estas perguntas possuem uma resposta erudita, calejada e transcendental: o Amor! Desvendando assim o segredo necessário para almejar todos os cuidados que pretendemos ter com os nossos semelhantes! É levantar, tijolo a tijolo, ou pedra a pedra, o teu 4º andar com Justiça e Perfeição! É reconhecer que os andares de nossas vidas são, na maioria das vezes, iguais! Porém, o 4º andar é um lugar de energia infinita! Ah, como cheguei a essa conclusão?

Fato: lendo a boa literatura que o teu colégio oferece, fazendo abrir as portas secretas do meu Músculo Supremo! É partir para uma escalada de estudo profundo, mesmo sem entender o que seja isso. É esperar o tempo fluir, resvalar, compreender, abraçar e principalmente, amar!

Será que estamos preparados para envolver e aceitar o nosso 4º andar? Será que ostentaremos sensações que não há dinheiro no mundo que consiga comprá-las? Será que viveremos dias melhores sabendo que alguns amigos teus ainda não despertaram para seus próprios 4º andar? Vai saber… 

(*) magalhaes.guioliveira@gmail.com

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ. O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.
DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia