JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 16 de maio de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Articulistas.

Outros Articulistas

Exercitando a memória

Antes de transformar o “Casarão da Dilma” em Escola de Arte e Cultura, faço uma retrospectiva, chamando pela memória do senhor prefeito, vereadores e demais políticos.

Duas entidades foram criadas, em Uberaba, visando atender jovens e adultos em situação de risco social, resgatando sua cidadania e assegurando-lhes condições mais dignas para suas vidas:

1) Ceneg (Centro Nacional da Cidadania Negra) – Instalado em Uberaba para atender a comunidade negra, visando, entre outras, sua capacitação profissional. Contava com laboratório de Informática, sala de gravação, laboratório musical, auditório e outras dependências. NÃO EXISTE MAIS.

2) Feti (Fundação de Ensino Técnico Intensivo) – Criada há 40 anos, tinha como objetivo principal oferecer oportunidades de qualificação, promoção e inclusão de jovens e adultos usualmente excluídos do sistema de educação e formação profissional. Contava com salas de aulas e oficinas equipadas e oferecia mais de 15 modalidades de cursos, tais como: Soldador, Serralheiro, Eletricista Instalador, Eletricista de Autos, Comandos Elétricos Industriais, Eletrônica, Telefonia, Corte e Costura Industrial, Olaria, Jardinagem, Informática, entre outros. Certificava mais de trezentos alunos por semestre.

Hoje, essas oficinas não existem mais. Os jovens já não têm onde buscar uma qualificação profissional. Estão abandonados nas praças e ruas de Uberaba, onde as drogas tomaram o lugar das oficinas.

Fica a pergunta: para que criar uma “Escola de Arte e Cultura”, se não conseguiram nem manter e preservar aquelas que já existiam e funcionavam? Vale aqui aquela máxima do grande orador Cícero: ”A Memória diminui se não é exercitada”. Quem desconhece o passado corre o risco de errar novamente. 

(*) 40 anos dedicados à Formação e Desenvolvimento profissional de jovens e adultos

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ. O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.
DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia