JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 16 de maio de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Articulistas.

Outros Articulistas

Ano Novo

O corpo humano realmente é uma máquina perfeita. Ele tem um sofisticado e complexo conjunto de sensores que medem a quilometragem anual e percebem a chegada do fim do ano.
Luzes indicativas acendem e sinalizam a necessidade de diminuir a velocidade e, se possível, parar para uma revisão completa.
Mesmo que você não tenha férias em dezembro ou janeiro, mesmo que você trabalhe muito nesta época de Natal, o seu subconsciente lhe avisa que há necessidade de reduzir a velocidade. E isto realmente acontece. Muitas atividades são suspensas nesta época de férias escolares. Os clubes de serviços, as entidades, as reuniões dos grupos de jovens e por aí vai, tudo para.
Realmente, precisamos de descanso, de parar um pouco, de reduzir as atividades. Precisamos também avaliar o que foi feito e o que não foi feito neste ano que ora se encerra. É hora de agradecer pelas lutas, pelas oportunidades, pelas vitórias e pelos ensinamentos recebidos. E, também, é hora de planejar o futuro: aonde estou, aonde quero chegar e quais serão os caminhos que deverei percorrer para alcançar o meu alvo.
A virada do ano está aí. Pode ser que você escolha alguma cor de roupa para expressar a sua vontade: vermelho, branco, amarelo.... Isso é legal. Mas não esqueça de colocar no seu coração os verdadeiros sentimentos: amor, paz, respeito e gratidão!
Com estes combustíveis e lubrificantes, o motor da sua máquina vai rodar tranquilo, superando quaisquer dificuldades e obstáculos sem ter sustos, pois o que realmente importa estará dentro do seu coração.
Desejo a você muita paz, alegria, amor, segurança, sabedoria, gratidão, sucesso e prosperidade!
Feliz 2022!

Fulvio Ferreira
Empresário, palestrante e especialista em comércio varejista
www.fulvioferreira.com.br
 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ. O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.
DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia