JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 23 de outubro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Articulistas

Outros Articulistas

Raissa Nascimento

O inadiável encontro com seus conflitos

Já acordou com uma louca vontade de não sair de casa, de não ver ninguém, de não falar com o mundo? Trabalho? Hoje não, hoje quero meu canto, meu eu, só eu e eu mesmo. Estar acompanhado mas se sentir só. Para alguns, esse tempo é necessário, para outros é tolice, um tanto arriscado, depressivo. Pessoas começam e terminam relacionamentos e vínculos com pessoas e objetos a todo momento.

Talvez o que a gente precise mesmo é um pouco mais de confiança, autoestima, satisfação própria. Do tipo, eu sou capaz, sei meus limites e me amo mesmo assim. Mesmo sendo impulsivo, mesmo falando demais às vezes, me esforçando para agradar os outros e não a mim mesmo. Muitas vezes forçando situações e relações que serão sofrimentos futuros, querendo mais ser amado do que amar, mais receber do que dar.

Temos as maiores batalhas dentro de nós mesmos. O que vou falar, como vou agir, e se tudo que planejei ao lado de outra pessoa esse tempo todo for em vão? Como vou suportar se derem errado as coisas que estou me prometendo? Precisamos de uma dose de amor próprio todos os dias.

É bom descobrir cada passo olhando, de leve, para o destino porque para cada dia já há seu desafio. Muitas vezes queremos pular algumas etapas do processo de nos aceitar, de reconhecer do que somos capazes e aquilo que serão nossos limites. Podem ser pessoas, situações, sentimentos, ou quem sabe, físicos, emocionais. Não dá para prever, mas dá para caminhar um passo de cada vez e não todos em um só instante.

Queremos ser magros logo, ter uma profissão, namorar, sair da casa dos pais. Estamos apressados em superar as fases conflituosas. Ser gordinho, dependente dos pais até para um chiclete, sermos os únicos solteiros no grupo de amigos. Mas não é pulando as etapas que iremos ver em que estamos nos transformando.

A pressa não muda os conflitos, apenas os adia.

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia