JM Online

Jornal da Manhã 50 anos

Uberaba, 10 de agosto de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Articulistas.

Outros Articulistas

"Nunca vi mineiro morrer de queijite aguda", diz Zé Silva

ESTADO OFICIALIZA CESSÃO DE ÁREA AO MUNICÍPIO
A área é nossa! A cessão da área da finada planta de amônia, no Distrito Industrial III, foi publicada nesta quarta-feira, no jornal oficial de Minas Gerais. Segundo explicação da prefeita Elisa, nesse primeiro momento o Estado está cedendo a área ao município pelo prazo de 20 anos, uma vez que não pode efetivar a doação por causa dos impedimentos da legislação eleitoral. Mas, a partir do ano que vem, o governo municipal vai começar a trabalhar pela doação, processo esse que exige o envio de um projeto de lei pelo governo mineiro à Assembleia Legislativa para votação e aprovação. Cessão ou doação, neste momento tanto faz. O importante é que a área agora passa ao município para deliberação sobre seu aproveitamento útil.
Ponto para a prefeita Elisa, que soube costurar esse acordo, quando muitos consideravam perdida essa área.

ZEMA AQUI
Governador Romeu Zema deve vir a Uberaba nesta sexta-feira, para oficializar a cessão da área da finada planta de amônia.

DE SAÍDA
A Secretária Míria Resende vai deixar o governo Elisa para assumir a coordenação regional da campanha de Zema à reeleição. Sob sua batuta ficará todo o Triângulo Sul. Já o Triângulo Norte, que compreende Uberlândia e vizinhança, ficará sob a coordenação do secretário Felipe Atiê. Vale destacar que Miria é a mais próxima dentre todos os secretários de Elisa. E, por isso mesmo, decidiu deixar o cargo para não constranger a amiga e prefeita. Atitude própria de quem tem brios!

LIDERANÇA REGIONAL
Deputado Zé Silva passou a quarta-feira em Uberaba, cumprindo extensa agenda política que começou com entrevista à Rádio JM, pela manhã. Foi acompanhado pela prefeita Elisa, pelo vereador Túlio Micheli e pelo pré-candidato a deputado estadual Zé Arlênio. Aliás, sobre Elisa, Zé Silva disse que é uma “grande líder regional”. Mas deu seu recado: espera que o apoio da prefeita à sua reeleição multiplique seus votos em Uberaba, fazendo-os saltar de pouco mais de 540 nas eleições passadas para pelo menos 30 mil votos este ano. Vixe! Baita desafio para Elisa!!!

PERSPECTIVAS
Tem mais: Zé Silva acredita na eleição de pelo menos dois deputados estaduais e outros dois federais pelo Solidariedade. E foi taxativo: o partido deixará seus filiados livres para decidir quem apoiar para Presidente da República. Em Minas, Zé Silva está com Zema, assim como a prefeita Elisa.

DE OLHO
Uma informação de Zé Silva vale como alerta aos prefeitos mineiros. O governo Zema está próximo de fechar acordo para indenização ao Estado pela tragédia em Mariana. Mas já se sabe que há uma tendência do governo contemplar apenas aqueles que apresentarem projetos consistentes. Portanto, esses projetos precisam estar prontos e detalhados nos próximos 90 dias.

QUEIJITE AGUDA
“Nunca vi mineiro morrer de queijite aguda” - disparou o deputado Zé Silva, que veio da Emater para o Congresso Nacional, onde integra a bancada do agro. Estudioso dos queijos pelo mundo afora, ele se revela indignado com as represálias que existiram no Brasil ao queijo fabricado artesanalmente em Minas Gerais, tendo por base o leite cru. Por muito tempo esses queijos foram “condenados” pelos órgãos de fiscalização e inspeção federal, mas hoje são premiados pelo mundo afora. Aliás, na semana passada Zé Silva comemorou a publicação da regulamentação da Lei dos Queijos artesanais de leite cru, que vai beneficiar produtores de todo o país.

NOVO ACESSO
A proposta de mudança do acesso às empresas do Distrito Industrial II foi tema de reunião comandada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico com as principais impactadas pela medida, que são as empresas Ubyfol, Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e Black & Decker. A ideia é eliminar uma rua que corta dois terrenos da Ubyfol. Em contrapartida, a Ubyfol se propõe a construir com recursos próprios um acesso, como se fosse uma marginal da 050, para que a Black & Decker e a Conab continuem a ter local para carga e descarga sem prejuízos. Não houve oposição das duas empresas.

 

 

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ. O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.
DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia
Fechar