JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 17 de maio de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Articulistas.

Outros Articulistas

Saudades da Lava-Jato!

Caro amigo leitor, aqui estou firme e forte, para alegria de muitos e tristeza de uns poucos gatos pingados. Ainda continuo tomando banho sozinho, um bom sinal de saúde e lucidez. Com relação ao artigo da semana passada – o deusembargador –, recebi várias mensagens positivas, e negativa, nem uma.

Quando foi anunciado que Sergio Moro seria o Ministro da Justiça do Bolsonaro, pensei com meus botões: esse negócio não vai dar certo! O ex-Ministro, pela sua formação jurídica, além da função que exercia anteriormente, nunca foi de levar desaforo pra casa. Já o Presidente, também, do mesmo perfil – explosivo e fala o que pensa. Basta ver o mundão de baboseiras que andou vomitando em tempos de pandemia.

Digo e repito: votei no Bolsonaro, ainda não arrependi, mais ainda, caso repita o que ocorreu no segundo turno, não vou titubear: Capitão novamente!

Todavia, vejo o nosso Presidente desdizer o que disse na campanha, buscando um alinhamento eleitoral com o centrão. Ainda, tentando demonstrar que seu filho – o zero um – é um poço de honestidade e hombridade. Tem mais, recordando a reunião ministerial de 22 de abril, veja o nível em que a citada ocorreu! Ouvir o que Sergio Moro ouviu do destrambelhado ex-Ministro da Educação. Seria o mesmo que Ministro do Exército ouvir que os militares são um bando de safados. Não estou defendendo nenhum Ministro do STF, mais daí, generalizar e pregar o fechamento do mesmo...

Veja o comportamento do Procurador-Geral da República – Augusto Aras –, querendo jogar na lata do lixo todo o trabalho realizado na Lava-Jato. Tenha a santa paciência querer desdizer do grande avanço da referida operação no combate à corrupção. Quem poderia imaginar o safado do Lula preso, Michel Temer, Moreira Franco, Eduardo Cunha, José Dirceu, e tantos outros que não cabe neste espaço. Quantos outros virão com os desdobramentos daquela operação? Aécio, Serra, Alckmin, etc. e etc.

Como operador do Direito, professor universitário, advogado criminalista, entendo que houve erros na Lava-Jato, ante o protagonismo e ativismo do Judiciário e Ministério Público. Mas que valeu a pena, valeu, não tenho a menor dúvida! Vamos aprender com os erros, consertar aquilo que não deu certo.

Todavia, hoje, colocar todos na mesma panela e descontruir um trabalho que colocou vários bandidos na cadeia, recuperou muito dinheiro desviado, desmantelou quadrilhas e mais quadrilhas, desmontando um ambicioso projeto criminoso de poder, diga-se: a camarilha dos PeTralha$$$, do molusco sem dedo!!!

Sergio Moro deveria ficar onde estava, a vaidade subiu, meteu os pés pelas mãos, pensou que teria total liberdade na qualidade de Ministro da Justiça. Sempre duvidei que tivesse carta-branca, não deu outra; quando Bolsonaro percebeu que sua cozinha – sua prole – teria problemas, passou a desacatar seu subordinado!

Saudades de Sergio Moro!!! Saudades da Lava-Jato!!!
 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ. O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.
DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia