JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 17 de maio de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Articulistas.

Outros Articulistas

Bibliografia

“O Brasil é uma nação de espertos que, reunidos, formam uma multidão de idiotas.”

Gilberto Dimenstein

“Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, em relação ao universo, ainda não tenho certeza absoluta.”

Albert Einstein

“Invejo a burrice, porque é eterna.”

Nelson Rodrigues

“Lutar por algo que já está perdido não é determinação, é estupidez.”

Félix Rocha

“Os idiotas vão tomar conta do mundo; não pela capacidade, mas pela quantidade. Eles são muitos.”

Nelson Rodrigues

“O Brasil está tão ruim, que se piorar talvez seja a saída para dias melhores.”

O escritor do lago

“O Brasil é feito por nós, basta desatarmos os nós.”

Barão de Itararé

“O país precisa de ajuda e, olhando para qualquer direção, você não vê apoiadores (políticos) para mudar o Brasil. Há apenas jogadores e articuladores gananciosos, querendo estatais, cargos, aprovação de leis, adendos e demais guloseimas, para aprovar algo desnecessário à população, como, por exemplo, fundo parlamentar eleitoral. É só Deus na causa.

Não espere que, nas próximas eleições, a população possa ter uma luz no final do túnel. Corra; é o trem da situação, ou da oposição em sua direção. Não existe maquinista. Oo “comando” do país está sempre no automático; devagar é roubar, desviar é mais rápido, parado é assaltar. Por fim, sobraria à marcha ré reverter a atual panaceia. Entretanto, soa como desfazer tudo que foi construído por um antigo governo.

“Quer seja enxugar a máquina, erradicar cargos de confiança, não aceitar que o STF compre vinhos minimamente premiados, acabar com superaposentadorias, aprovar o ficha limpa, e outras medidas que poderiam fazer deste país um impávido colosso”.

Então, senhoras e senhores, crianças, GLS, flamenguistas, lunáticos, terráqueos e outros. A sociedade precisa, para ontem, esquecer o folclore brasileiro. Saci-pererê, boitatá, caçador de marajás, ex-presidiário (que se converteu) e outras entidades folclóricas não existem. O que realmente pode acontecer para que o Brasil seja um país justo com seus filhos é os “adultos” pararem de ver TV. Essas coisas de Spielberg, George Lucas, Marinho, Macedo, Zé do chapéu e outros tantos são engodos de vacinas para mudar o país, ou nada mais que obras de ficção científica. É como chá de erva-cidreira para coronavírus, não faz efeito, é B.0. (bom para otários).

O Brasil não tem oposição. Nenhum partido assume uma postura digna. Estão todos em cima do muro. Em muitos países mundo afora há direita, esquerda, conservadores, democratas, republicanos e outros. No Brasil temos centrão. Zico? Meia-esquerda. Gerson, canhotinha de ouro? Direita radical, upper de Mike Tyson? Esquerda conservadora, passar a mão na barriga da namorada?

Exmo. Sr. Presidente da República do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, o Sr. foi eleito para arrumar o “balaio de gato” que estava e ainda se encontra o país. Seus eleitores confiaram suas vidas por sua obstinação em mudar o Brasil. Por gentileza, amor à vida, aos princípios da boa família brasileira. Faça algo, urgentemente.

Feche as cloacas em que se transformaram as casas dos Poderes no Brasil.

Convoque eleições para TODOS os cargos políticos em sessenta dias, inclusive o seu. Sem reeleição, apenas novos nomes devem ser aceitos.

Neste ínterim, acordem uma nova Constituição com as Forças Armadas. Claro, esta, digna à sociedade.

Deixe à disposição da população seu cargo. Caso queiram, pedirão seu retorno. Poderá ser lembrado nas próximas eleições.

A população está cansada de pedido de vinhos minimamente premiados, cumulação de aposentadorias para servidores e, à população, um salário mínimo. Adendos para roubos. A máquina só funciona à base de mordidas, propinas, guaranás e outros. E isto é o jeitinho brasileiro de falir o Brasil. São tiros no pé.

Se com a direita não vai e com a esquerda nada funciona, salve vidas, pois, no dia em que você sentar num banquinho e for ter “uma prosa com o Criador”, certamente, terá poupado muitas vidas, que foram ceifadas com os atuais políticos brasileiros. Seus pecados, todos, serão perdoados.

Não deixe que mais famílias sofram a morte de seus entes queridos, seja por coronavírus; por falta de verba para hospitais, como as desviadas nas montanhas de dinheiro no Rio de Janeiro, e também, porque um medíocre carcará quer beber vinhos que custam uma vida; seja por falta de leito, ou porque uma servidora da Justiça, depois de aposentada, quer ganhar mais por estar com fome.

Para presidir um país, é dever do chefe de Estado, primeiro, deixar a população viver.

O escritor do lago - Blog, Instagram: UtopiaxRealidade

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ. O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.
DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia