JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 03 de dezembro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Adeus: Fiat Cronos GSR sai de linha e encerra fase do cambio automatizado no Brasil

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

23/10/2020 - 07:29:29. Última atualização: 23/10/2020 - 07:32:52.

Jornal do Carro/Estadão/Da Redação


Fiat Cronos GSR com motor 1.3 era a última opção à venda no mercado com o câmbio automatizado em carros mais acessíveis

“Se for por falta de adeus, vai tarde”. O dito popular se refere a algo ou alguém que está partindo e não vai deixar saudades. Mas é o caso, também, do câmbio automatizado GSR, o antigo Dualogic, da Fiat. O Cronos era o último modelo novo do mercado equipado com o dispositivo e saiu do configurador da marca italiana.

Segundo a Fiat, a produção já havia sido interrompida “há algum tempo”, mas ainda havia alguns carros em estoque nas concessionárias. Como as últimas unidades foram vendidas, o Cronos com câmbio GSR saiu do configurador da marca, finalmente.

HISTÓRIA DO DUALOGIC/GSR
A Fiat iniciou a utilização do câmbio automatizado no Brasil em 2008. O modelo ainda era chamado de Dualogic, e servia como uma opção mais barata ao automático convencional ou CVT. Ele chegou primeiro no Fiat Stilo, passou também por modelos como Linea, família Palio, Uno, Idea e Strada.

Em 2017, o nome mudou junto com atualizações no modelo. Foi abandonado o nome Dualogic e a Fiat passou a usar GSR, sigla de (Gear Smart Ride). Mesmo com melhorias, o GSR não caiu no gosto do consumidor. A tecnologia para carros mais acessíveis, não era tão evoluída quanto as opções de dupla embreagem dos carros de luxo, como Audi e Mercedes, entre outros.

CVT VEM AÍ NA FIAT E JEEP
Além de estrear os novos motores 1.0 e 1.3 turbo no próximo ano, a Fiat terá como novidade a adoção de um câmbio automático CVT para diversos modelos. Ele será fornecido pela Aisin e, assim como o do Toyota Corolla, terá engrenagens nas primeiras marchas evitar respostas lentas em arrancadas. Para Renegade e Compass com motor 2.0 turbodiesel de 170 cv, o câmbio continuará a ser o automático de nove marchas com modos de condução e tração integral.

 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia