JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 11 de julho de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

SOBRE RODAS

Nova geração do Tracker já chegou a Uberaba custando R$ 82 mil

O SUV da Chevrolet será um dos mais bem equipados de seu segmento; ele chega cheio de modernidade e com muita tecnologia embarcada

18/03/2020 - 00:00:00.

Conheça a seguir outra receita de sucesso da Chevrolet. O Novo Tracker 2021 desembarca com os mesmos predicados do Onix e deixa de ser apenas um coadjuvante em seu segmento. Fabricado agora no Brasil, o SUV ganha força viva e atributos para lutar pela liderança do segmento dois SUVs.


Rodrigo Camargo explica que o Novo Tracker ficou muito bonito e chama a atenção do leitor para a exclusiva tecnologia Wi-Fi nativa, que permite ao motorista e toda a sua família ficarem sempre conectados com seus smartphones, tablets ou notebooks durante as viagens.


O Novo Tracker conecta até 7 dispositivos simultaneamente e possui sinal Wi-fi por até 15 metros fora do carro

O espaço interno do Novo Chevrolet Tracker é muito bom. Ele tem o porta-malas com sistema de espaço variável que adapta naquilo ao que o motorista precisar.

Por meio de computador de bordo e do painel de instrumentos o motorista tem total controle sobre o carro.

O motor 1.0 e o 1.2 turbo de três cilindros com injeção indireta foram considerados pela imprensa especializada como os propulsores mais econômicos de seu segmento.

A GM antecipou a chegada do Tracker ás revendas. O lançamento oficial para as concessionárias que seria realizado no próximo dia 21, foi abreviado e o carro já se encontra literalmente á venda nas vitrines da Autus/Chevrolet revenda da marca em nossa cidade. Rodrigo Camargo, gerente de novos da revendedora, explica á reportagem do Sobre Rodas que a nova geração do SUV é considerada o maior lançamento da GM para este ano. “Agora o novo Tracker será produzido na fábrica de São Caetano do Sul, ao invés de vir importado do México”, conta ele.

MESMO SUCESSO
Rodrigo fala que a GM espera do Novo Tracker o mesmo sucesso de vendas que o Onix e o Onix Plus fazem em nossa cidade e no Brasil. “Ele usa a mesma plataforma do Onix, tem o mesmo motor e ainda oferece o 1.2 turbo em algumas versões, diz ele. Nosso entrevistado explica ainda que o Tracker chega em seis versões: tres com motor 1.0 turbo e três com o novo motor 1.2 turbo. “É por isso que agora temos amplas condições de concorrer de igual para igual por uma posição de respeito no ranking dos SUVs que existem no mercado”, comemorou Rodrigo.

CONCORRENTES
O Sobre Rodas explica que o SUV da Chevrolet será concorrente direto do VW T-Cross, Jeep Renegade, Honda HR-V, Nissan Kicks, Hyundai Creta, entre outros. Assim como o Onix, o Tracker 2021 manteve os nomes LT, LTZ e Premier para suas versões. A novidade é que contará com configurações de entrada chamadas apenas de “Turbo”. Esta nomenclatura será usada para as variantes 1.0 manual, 1.0 turbo automática (exclusiva para PCD) e 1.2 automática.

NÃO VAI FALTAR
Nosso entrevistado disse que espera uma boa procura pelo SUV e não teme que venha a faltar carro para entregar. “A GM já vinha produzindo o Tracker há mas de 30 dias em São Caetano e sendo assim, existe uma garantia de que toda a rede será bem abastecida e não faltará carro para entregar ao nosso cliente, esclareceu.

ITENS DE SÉRIE
A nova geração do Tracker será uma das mais bem equipadas de seu segmento. Ele virá de série com seis airbags (frontais, laterais e de cortina), controle de estabilidade e tração, rodas de liga leve de 16”, central multimídia MyLink 3 com tela de 8” e compatibilidade com Android Auto e Applce CarPlay, computador de bordo com tela TFT de 3,5”, conexão 4G Wi-Fi, direção elétrica e etc.

MOTORES E CAMBIOS
As versões de entrada do SUV adotam o mesmo 1.0 turbo de três cilindros e injeção indireta do Onix e Onix Plus. Este propulsor entrega 116cv (etanol ou gasolina). As versões intermediárias e Premium adotam o motor 1.2 turbo de três cilindros e injeção indireta com 132cv (gasolina) e 133cv (etanol). "O motor 1.0 turbo pode trabalhar com o câmbio manual ou automático, ambos de 6 marchas. O Novo Tracker será o primeiro com esta plataforma a utilizar o motor 1.2 turbo e câmbio automático" finalizou Rodrigo Camargo.
 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia