JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 26 de fevereiro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

SOBRE RODAS

Combustível fóssil deve ser eliminado do Brasil até 2030

Daqui a 10 anos será proibida a venda de veículos novos movidos a combustíveis fósseis, como gasolina ou diesel

15/02/2020 - 00:00:00.


Projeto de Lei 304/2017, do senador Ciro Nogueira (PP-PI), já foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça do Senado

EXCESSÕES

São abertas algumas exceções. Pelo projeto, automóveis de coleção, veículos oficiais e diplomáticos ou carros de visitantes estrangeiros poderão continuar circulando no país, ainda que usem combustíveis fósseis.Segundo o autor da proposta, senador Ciro Nogueira (PP-PI), outros países estão tomando decisões semelhantes. Ele afirma que esse tipo de veículo é responsável por um sexto das emissões de dióxido de carbono na atmosfera que levam ao aquecimento global.

BOAS SOLUÇÕES

Ciro sustenta que já se encontram disponíveis soluções tecnológicas que permitem o enfrentamento dessa questão. As principais são os automóveis movidos a eletricidade, carregados pelas tomadas da rede elétrica, como já ocorre em outros países, e, sobretudo no Brasil, os automóveis movidos a biocombustível.


Apenas os motores a gasolina e a diesel deverão ser proibidos até 2030. Já os motores bicombustíveis devem continuar abastecendo os carros no Brasil

MEIO AMBIENTE

O relator, senador Fabiano Contarato (Rede-ES), observa que a reorientação do mercado de uma cadeia produtiva insustentável é permitida pela Constituição. “Segundo nossa Lei Maior, a ordem econômica tem como princípio, entre outros, a defesa do meio ambiente, inclusive mediante tratamento diferenciado conforme o impacto ambiental dos produtos e serviços e de seus processos de elaboração e prestação”, aponta no relatório. (Conteúdo da Agência Senado)
 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia