JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 07 de agosto de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

SOBRE RODAS

Coluna do Baleia: Restando uma

Ferrari é a primeira equipe a divulgar a data de lançamento de seu bólido para a próxima temporada

14/12/2019 - 00:00:00.

As principais categorias mundiais de esporte a motor já estão com as máquinas desligadas. Porém, em terra brasilis ainda teremos, neste final de semana, a decisão da Stock Car.

Maioria. E na categoria rainha, a equipe com maior número de torcedores no mundo viu mais uma temporada acabar e não colher nenhum título. Tal qual em 2018, os vermelhos arrasaram nos testes pré-temporada o que sempre deixa seus fiéis torcedores esperançosos. Neste ano, de novo.

Sujeira. Já no desenrolar da temporada, ainda na primeira fase de 2019, a equipe normalmente colocava Leclerc no sacrifício. E privilegiava Vettel. Já em Bahrein, o jovem piloto demonstrou a que veio. E só perdeu a liderança devido a uma falha mecânica, nunca bem explicada. Ainda nesta primeira fase, Vettel viu sua vitória ser afanada no Canadá.

Despontando. Na segunda fase, o jovem piloto vermelho ganhou na Bélgica e Monza, assustando a concorrência. Já dentro da equipe, a situação melhorou para Leclerc e aí os dois começaram a se desentender. Em Singapura, Leclerc foi pole e liderava quando a equipe favoreceu Vettel tirando a vitória do monegasco de forma suja.

Dolorido. Na Rússia, Leclerc repetiu a pole e o alemão foi terceiro. Num combinado interno da Ferrari, Leclerc largou bem e ficou por fora para dar o vácuo para o alemão. Funcionou tão bem que o alemão passou Leclerc. A foi uma guerra no rádio.

Vettel não devolvia a posição para o companheiro. A equipe parou Leclerc primeiro, como havia feito com Vettel na Rússia, e o jovenzinho com pneus novos passou a realizar voltas rápidas em cima de voltas rápidas e quando Vettel voltasse já era. Porém, quando Vettel parou e trocou seus sapatos, seu carro sofreu uma pane de bateria logo após sair dos boxes.

Presentão. E assim veio um carro de segurança. Esse Safety Car caiu dos céus para os prateados, já que eles ainda não haviam parado. Resultando numa dobradinha da Mercedes numa corrida que a dobradinha tinha tudo para ser da Ferrari.

Continua depois da publicidade

Seguido. Na sequência, veio a etapa do Japão e mais uma vez as Ferraris dominaram a classificação, desta feita com Vettel na pole. Porém, no domingo, logo na largada, o pole Vettel largou muito mal, desperdiçando a pole conquistada na classificação. Ao mesmo tempo, Bottas, que estava posicionado atrás de Vettel, toma a ponta numa senhora largada.

Erro infantil. E aí veio o México: na classificação a pole foi Verstappen, que acabou sofrendo uma punição. E assim, novamente, as duas Ferraris ocupavam a primeira fila. Desta feita, Lewis ganhou na mais pura estratégia, ao realizar uma única parada e a Ferrari fez duas paradas para Leclerc. Leclerc liderou até parar na volta 16.

E depois dessa os italianos perderam aquele gás que tinham adquirido desde a Bélgica, culminando com o abandono duplo e estúpido na etapa brasileira.

Já pensando em 2020, a Ferrari é a primeira equipe a divulgar a data de lançamento de seu bólido para a próxima temporada. Onze de fevereiro é a data do lançamento.

* A corrida de domingo da Stock tem tudo para ser das melhores. Já que temos quatro pilotos com chances reais de título. Nesta etapa final, a pontuação será dobrada.

* Daniel Serra tem uma vantagem de 29 pontos sobre o segundo, Camilo. Ricardinho Maurício tem 292 pts. Na sequência, vem Barrichello, Felipe Fraga e Júlio Campos. Estes são os que ainda têm chances de título em Interlagos.

Ótimo final de semana!!!
 


Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia