JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 07 de agosto de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

SOBRE RODAS

Grupo PSA encerra produção de carros com motores a combustão em 2025

A partir de 2025 o Grupo PSA irá fabricar somente carros elétricos de pequeno porte e carros híbridos de porte intermediário

12/12/2019 - 15:26:10. Última atualização: 12/12/2019 - 15:34:35.

Foto/reprodução/ Xu Jinquan/Xinhua


Inédita versão elétrica do compacto entrega 136 cv de potência e 25,5 kgfm de torque Ele tem 340 km de autonomia (WLTP) e 30 minutos para recuperar 80% da autonomia

Na semana passada o Grupo PSA anunciou que até 2025 todos os seus veículos terão uma versão hibrida uma versão elétrica. Os motores a combustão não serão mais oferecidos. Duas plataformas modulares ierão fazer parte desta virada; A primeira delas será a CMP, feita para modelos elétricos pequenos e servirá de base para quatro veículos: Peugeot e-208 e e-2008, Opel Corsa-e e DS 3 Crossback E-Tense. A segunda será a EMP2 destinada aos híbridos Citroën C5 Aircross Hybrid, Peugeot 3008, 508 e 508 SW Hybrid4, DS 7 Crossback E-Tense e Opel Grandland X Hybrid4.


O SUV entrega potência combinada de 225 cv, sendo 180 cv disponíveis no motor a gasolina e 80 kW no motor elétrico. No modo 100% elétrico, o modelo consegue rodar 50 km com velocidade de até 135 km/h.

Continua depois da publicidade

Os quatro carros elétricos utilizarão um motor de 136 cv, baterias de 50 kWh e entregam autonomia de 340 km pelo ciclo WLTP. No caso dos híbridos plug-in, os modelos de tração dianteira têm 225 cv, enquanto os de tração integral usam dois motores elétricos, com um total de 300 cv, rodando por 59 km no modo totalmente elétrico. Todos eles acendem uma cor azul no retrovisor interno, indicando que estão no modo elétrico.


O Grandland X Hybrid4 tem um carregamento muito simples. A sua bateria pode ser carregada como um veículo elétrico em todas as estações de carregamento públicas

Para cumprir a meta, a fabricante já começa a trabalhar em mais modelos eletrificados. A Citroën desenvolve um modelo que substituirá o C4 Cactus, com a plataforma CMP e que terá uma versão totalmente elétrica.
 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia