JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 20 de outubro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

SOBRE RODAS

Manifestantes invadem Frankfurt pelo fim dos motores a combustão

Cerca de 25 mil pessoas gritavam palavras de ordem contra a organização do evento andando com faixas e cartazes

16/09/2019 - 09:46:02. Última atualização: 16/09/2019 - 09:47:27.

Além de pedirem o fim dos motores a combustão, os manifestantes querem desencorajar a compra de SUVs e crossovers considerados veívulos que prejudicam o meio ambiente


Cerca de 25 mil pessoas participam de atos exigindo ainda mais investimentos em meios de transporte alternativos. Houve bloqueio nas principais vias de acesso do local aonde se realiza a feira de Frankfurt

Muitos manifestantes invadiram o Salão de Frankfurt, maior salão de carros da Alemanha que começou no último dia 10, para protestar e exigir que a indústria automobilística cumprisse seu papel de proteger o meio ambiente. Cerca de 25 mil pessoas gritavam palavras de ordem contra a organização do evento andando com faixas e cartazes e também em bicicletas. Eles pediam o fim do motor a combustão e uma política de transporte que priorize veículos de baixa emissão de carbono, como bicicletas, caminhadas, ônibus e trens.

MUITA LENTIDÃO
Outras acusações levantadas pelos manifestantes é de que a indústria automobilística não está se movendo rápido o suficiente em direção a um meio transporte livre de emissões. Muitos também exigem medidas para desencorajar a compra de SUVs, considerados veículos especialmente prejudiciais ao meio ambiente. Alguns setores políticos alemães têm proposto ultimamente medidas para sobretaxar veículos utilitários esportivos ou mesmo proibi-los nos centros das cidades

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia