JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 19 de setembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

SOBRE RODAS

Inglaterra quer proibir viva-voz

A justificativa é de que o uso do viva-voz cria os mesmos riscos de colisão de uma chamada convencional

17/08/2019 - 00:00:00.

Foto/reprodução

Recentemente, foi apresentado à Câmara dos Comuns (equivalente à nossa Câmara dos Deputados) na Inglaterra um projeto que prevê a proibição do uso de celulares também no caso de chamadas de viva-voz.

Como justificativa o projeto cita evidências de que o uso do viva-voz cria os mesmos riscos de colisão de uma chamada convencional e apresenta números de 2017 que mostram o registro de 773 acidentes no país, todos decorrentes de uso do telefone ao volante.

Nesse referido ano, 43 pessoas morreram e 135 ficaram gravemente feridas. Como resultado, o comitê que analisa o projeto recomendou que o governo “explore as opções” para proibições de telefones viva-voz.

*Com informações do Motor1.com

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia