JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 19 de setembro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Uniube oferece atendimentos gratuitos de saúde auditiva

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

17/07/2021 - 00:00:00.

Estudos estimam que mais de 10 milhões de brasileiros possuem deficiência auditiva. O que poucas pessoas sabem é que a surdez pode ser prevenida ou diagnosticada, e o paciente pode passar por reabilitação e acompanhamento multiprofissional especializado a fim de amenizar a dificuldade na comunicação. Em Uberaba, esse diagnóstico pode ser obtido através do Serviço de Atenção à Saúde Auditiva (SASA), da Universidade de Uberaba (Uniube), cujo atendimento é realizado junto à Secretaria Municipal de Saúde e funciona integralmente com verba do Sistema Único de Saúde (SUS).

O SASA Uniube presta serviços em Uberaba desde 2010 e tem o objetivo de realizar avaliação, diagnóstico, adaptação de aparelhos auditivos, reabilitação auditiva e acompanhamentos dos pacientes de todas as idades. Atualmente, o programa atende cerca de 400 pacientes por mês, de Uberaba e da macrorregião do Triângulo Sul.

Segundo a coordenadora do SASA, a fonoaudióloga Mariana Marquez de Rezende, a oferta de atendimento na área da saúde auditiva à população é caracterizada como essencial, pois possibilita, de forma integral, a inserção das pessoas com a deficiência no convívio familiar e profissional, garantindo qualidade de vida a elas.

“A deficiência auditiva é definida como redução ou ausência da capacidade de ouvir determinados sons e é uma das principais deficiências, já que acomete pessoas em qualquer fase da vida, implicando em limitações no desempenho das atividades sociais, educacionais e profissionais. Sem a audição, a pessoa se vê privada de perceber sons da fala, adquirir espontaneamente a linguagem e desenvolver o pensamento abstrato”, explica a fonoaudióloga.

Atendimentos

Com mais de uma década de atuação, o SASA Uniube já realizou aproximadamente 67 mil atendimentos, contemplando em torno de 8.500 usuários que passaram desde o acolhimento, diagnóstico, adaptação de aparelhos auditivos e reabilitação de comunicação. Ao todo, foram adaptados cerca de 15 mil aparelhos auditivos e 69 sistemas FM.

Para ser atendido no SASA Uniube, é necessário apresentar junto à Secretaria Municipal de Saúde, cópia dos documentos de identidade, CPF, comprovante de residência no nome do usuário, título de eleitor e cartão do SUS. Após a entrega dos documentos, o paciente é cadastrado para agendamento do atendimento.

Segundo a fonoaudióloga responsável pelo programa, mesmo durante a pandemia, os atendimentos não pararam e foram adaptados para melhor segurança dos usuários. “Os atendimentos, durante a pandemia, são realizados respeitando todas as medidas de biossegurança preconizadas. Agendamentos espaçados, disponibilização de álcool em gel para pacientes e colaboradores, equipe paramentada e sala de espera com restrição de circulação de pessoas. Tudo seguro para atender aos nossos usuários”, finaliza Mariana.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia