JM Online

Jornal da Manhã 50 anos

Uberaba, 10 de agosto de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

SAÚDE

Continua depois da publicidade



BH confirma transmissão comunitária da Varíola dos macacos

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

13/07/2022 - 19:17:09. Última atualização: 13/07/2022 - 19:18:13.

Foi confirmada, nesta quarta-feira (13), a transmissão comunitária da varíola dos macacos, em Belo Horizonte. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), o número de casos da doença, na capital minera, subiu para 18, cujos pacientes infectados são do sexo masculino e com idades entre 22 e 38 anos.

A SMSA informou que 15 pacientes viajaram para São Paulo, Rio de Janeiro ou países com transmissão comprovada, enquanto os outros três não possuem nenhum registro de viagem a esses locais. A Secretaria está monitorando as pessoas que entraram em contato com esses enfermos.

Os sintomas podem ser leves ou graves, incluindo febre, dor de cabeça, dores musculares e nas costas, calafrios, linfonodos (pequenos órgãos que fazem parte do sistema linfático e estão espalhados por todo o corpo) inchados e exaustão. Além disso, podem ocorrer lesões (que parecem de catapora ou sífilis) na pele, sendo desenvolvidas, primeiramente, no rosto. Em seguida, as feridas se espalham para outras partes do corpo, incluindo os genitais, formando uma crosta até cair.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) ainda não se sabe a fonte de infecção, porém, de acordo com informações do Instituto Butantan, já é possível detalhar como a doença tem se espalhado entre os humanos. A transmissão ocorre a partir do contato com gotículas expelidas por alguém infectado (humano ou animal) ou pelo contato com as lesões na pele causadas pela doença ou por materiais contaminados, como roupas e lençóis.

O Instituto Butantan também esclareceu que o período de incubação da varíola do macaco é geralmente de seis a 13 dias, mas pode variar de cinco a 21 dias. O tratamento, assim como ocorre com o coronavírus, também requer isolamento de 21 dias e é necessário que o paciente fique sob observação médica.

 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia
Fechar