JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 10 de abril de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Dengue x Covid: Entenda quais são diferenças nos sintomas

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

29/03/2021 - 00:00:00.

Foto/Divulgação

A pandemia causada pelo coronavírus se transformou na principal pauta da atualidade. Contudo, apesar da Covid-19 ser o nosso maior inimigo no momento, não podemos nos esquecer da dengue, pois estamos nos meses de maior incidência, que vão de março a maio. Desta forma, é importante entender os sintomas de cada uma para conseguirmos diferenciá-las.

Alguns dos sintomas podem se manifestar nas duas doenças, tais como a febre, cansaço, dor de cabeça e no corpo. Já outros, como a tosse, auxiliam na distinção delas, pois a Covid-19 apresenta este sintoma, enquanto a dengue não. A falta de ar também surge na Covid, mas muito pouco na dengue. Manchas vermelhas também devem ser observadas, uma vez que são encontradas na dengue, na Covid não.

“As manchas vermelhas são uma forma de diferenciar as doenças. É muito evidente na dengue, já o coronavírus não causa isto. Contudo, é importante que um especialista dê o diagnóstico. Outros sintomas são semelhantes e o paciente pode acabar se confundindo ao fazer uma tentativa de autodiagnostico”, explica o médico infectologista, especialista em Alergia e Imunologia, Frederico Zago.

A prevenção continua sendo a melhor forma de combate. Para evitar a dengue é necessário evitar a proliferação do mosquito, eliminando água armazenada em pontos que podem se tornar possíveis criadouros. Vasos de plantas, pneus, garrafas plásticas e até recipientes pequenos, como tampas de garrafas, podem conter larvas do mosquito. Já no caso da Covid-19, é importante seguir todas as regras de biossegurança: evitar ao máximo aglomerações, usar máscara, manter as mãos sempre limpas e higienizadas com álcool gel e ficar em casa sempre que possível.

Conforme o último boletim publicado pela Secretaria de Estado de Saúde, Minas Gerais registrou 8.773 casos prováveis (casos notificados exceto os descartados) de dengue. Desse total, 2.732 casos foram confirmados para a doença. Foi confirmado um óbito por dengue em Minas Gerais até o momento.


Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia