JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 14 de novembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

SAÚDE

Pessoas pessimistas vivem menos, aponta pesquisa

Segundo o estudo, homens e mulheres otimistas têm de 50% a 70% mais chances de chegar aos 85 anos de idade

21/10/2019 - 00:00:00. Última atualização: 21/10/2019 - 17:56:19.

 Quem sempre vê o copo meio vazio tem mais um motivo para tentar mudar de postura. Estudo publicado no Proceedings of the National Academy of Sciences aponta que a perspectiva negativa sobre tudo pode realmente encurtar seu tempo de vida.

Os pesquisadores usaram dados fornecidos pelos participantes, que responderam um questionário sobre o otimismo. Além disso, o estudo conta com informações sobre mortalidade para determinar o nível de otimismo e expectativa de vida. Os participantes foram acompanhados por 10 anos.

“O otimismo diz respeito a uma visão geral de que coisas boas vão acontecer. Ou na crença de que o futuro será favorável porque podemos controlar decisões importantes”, disse a autora do estudo Lewina Lee à Bicycling US. Ela é a professora-assistente de psiquiatria da Faculdade de Boston University School of Medicine.

O estudo aponta que os homens e mulheres mais otimistas viviam de 11% a 15% a mais do que aqueles com perspectiva mais negativa. Além disso, eles também tinham de 50% a 70% mais chances de chegar aos 85 anos de idade.

Mas o que motiva isso? Pessoas mais otimistas podem ter mais probabilidade de adotar comportamentos mais saudáveis, como se exercitar regularmente, controlar a alimentação ou até mesmo colocar em prática conselhos médicos.

Lewina Lee explica que certos exercícios, como identificar objetivos e imaginar um futuro bem-sucedido, podem aumentar os níveis de otimismo, pelo menos a curto prazo. Não há evidências que comprovem que esses ganhos serão sustentados por períodos mais longos, mas é possível que, se forem, possam desempenhar papel importante para ajudar sua saúde e longevidade.

Embora você ainda deva se concentrar em sua dieta e exercício, reavalie as suas perspectivas de vida. Mudar a maneira como você percebe as coisas pode ajudá-lo a viver mais e com saúde.

*Com informações da Runner’s World 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia