JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 14 de outubro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

SAÚDE

Saiba como controlar o colesterol alto de crianças ainda na infância

Veja também algumas dicas para fazer uma lancheira mais saudade

15/09/2019 - 00:00:00.

O colesterol alto pode se manifestar na infância. Este problema de saúde pode acontecer pelo tipo de alimentação que a criança tem ou caso a família tenha casos de colesterol alto. As taxas normais de colesterol em crianças são: o ruim (LDL) até 100nmg/dl, o bom (HDL) maior que 40 mg/dl e a glicemia tem que estar menor que 100 mg/dl.

Se for causado pela alimentação, é preciso começar a medir a partir dos 5 anos, com os exames específicos, como o exame de sangue. Em outros casos, o exame de sangue para avaliar colesterol e glicemia em crianças deve ser feito quando; a ela nasce com menos de 2,5 quilos; pai, mãe ou avós tem colesterol alto desde pequenos; histórico de hipercolesterolemia familiar e pais diabéticos.

Alguns alimentos que as crianças amam aumentam o colesterol. São eles, os embutidos (linguiça, salsicha e nuggets), excesso de queijo (macarrão com queijo, legume com queijo), frituras e gordura (doces cremosos, sorvete, bolo com recheio cremoso). Infelizmente, muitas vezes os pais acabam cedendo e dando esse tipo de alimento para as crianças.

Como variar os alimentos da lancheira?
As frutas podem ser apresentadas de forma mais interessante. Pode ser fruta seca ou liofilizadas. De vez em quando também pode ser um doce de frutas, como doce de banana, por exemplo.

Na maioria das vezes o carboidrato é um pão. Varie os recheios e vá alternando entre os salgados e doces. Pode ser recheio de geleia, patê de azeitona, frios ou requeijão.

Varie também o tipo de carboidrato. Existem várias opções simples e baratas, como torta de liquidificador salgada, pipoca, palitinho de fibra integral, milho, grão de bico assado, pão de queijo, biscoito de arroz e biscoito de tapioca.

O carboidrato também pode ser um bolo. Dê preferência aos bolos caseiros feitos com aveia e que não têm recheio. Evite os bolos industrializados, que têm mais açúcar e gordura. Só tome cuidado com a frequência.

*Com informações do Bem Estar G1

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia