JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 20 de outubro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

SAÚDE

Sobe para 14 o número de morte por dengue em Minas Gerais

Além da dengue, a SES divulgou balanço dos números de zyka vírus e febre chikungunya, outras duas enfermidades transmitidas pelo Aedes aegypti

16/04/2019 - 00:00:00.

Foto/reprodução

Já foram confirmadas 14 mortes por dengue em Minas Gerais neste ano. Seis delas aconteceram em Betim, duas em Uberlândia, o mesmo número em Unaí, uma em Arcos, Paracatu, uma em Frutal, e outra em Ibirité.

A doença vem aumentando a cada mês, segundo mostra o boletim epidemiológico divulgado pela SES, e já chega a 121.699 registros. Somente em março, foram 58.616 casos prováveis. Os números foram superiores aos dois meses anteriores. Em janeiro foram 17.436 e fevereiro 33.717 registros. Em abril, pelo histórico da dengue, é o mês onde há um maior número de registros. Somente nesses 15 dias, foram 11.930 notificações.

Nas últimas quatro semanas, 156 municípios mineiros passam por epidemias da doença. Destas, 99 estão com incidência muito alta de casos prováveis, e outras 57 com incidência alta. A situação pode piorar nas próximas semanas, pois ainda há 114 municípios com média incidência de dengue.

Além da dengue, a SES divulgou balanço dos números de zyka vírus e febre chikungunya, outras duas enfermidades transmitidas pelo Aedes aegypti.

Até o momento, Minas registrou 1.228 casos da febre, sendo que 34 deles foram em Santana do Deserto, na Zona da Mata. 

Já o zyka acometeu 465 mineiros este ano, e não há incidência alta ou média em nenhuma localidade.

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia