JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 20 de setembro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Uberaba mantém sexta posição no PIB mineiro

A cidade também conseguiu permanecer como o maior valor adicionado agropecuário de Minas Gerais

- Por Gisele Barcelos Última atualização: 01/01/2017 - 22:39:41.


Arquivo


A cidade mantém ainda o maior valor adicionado agropecuário do Estado

Uberaba se manteve na sexta posição no ranking da produção mineira em 2014. A cidade também conseguiu permanecer como o maior valor adicionado agropecuário de Minas Gerais em 2014. Os dados foram divulgados em dezembro pela Fundação João Pinheiro.

O maior PIB em Minas Gerais foi o da capital Belo Horizonte, seguida por Uberlândia. As duas cidades juntas concentraram 22,5% da produção mineira em 2014, com participações de 16,97% e 5,49%, respectivamente. Em seguida no ranking aparecem os municípios de Contagem (5,09%), Betim (4,26%) e Juiz de Fora (2,66%). No sexto lugar, Uberaba foi responsável por 2,25% do PIB estadual.

Em relação ao PIB per capita, a média estadual foi de R$24.917,12 em 2014. Entre os 853 municípios mineiros, apenas 105 superaram esse valor. Uberaba ultrapassou a média estadual e também o PIB per capita de Belo Horizonte (R$35.188), registrando 36.403,22 por pessoa. No entanto, a cidade não entrou na lista dos maiores valores per capita, encabeçada por São Gonçalo do Rio Abaixo (R$261.719 por pessoa), cidade da região metropolitana de BH com 10.488 habitantes.


Setores. O levantamento da Fundação João Pinheiro confirmou novamente a liderança de Uberaba no ranking do valor adicionado agropecuário de Minas Gerais em 2014, título retomado pela cidade em 2013. Entre 2010 e 2014, a participação de Uberaba no resultado geral do Estado oscilou de 2,4% e 2,2%.
Unaí, pertencente ao território Noroeste, foi responsável pelo segundo maior valor adicionado da agropecuária do Estado, com participação de 2%. Uberlândia aparece na terceira posição no Estado, com 1,6%.

Já na indústria, Belo Horizonte, Uberlândia e Betim ocuparam as três primeiras posições na geração do valor adicionado. Uberaba continua no ranking das 10 maiores produções industriais do Estado e ainda conseguiu subir uma posição. A indústria local contribuiu com 2,6% da produção total de Minas e figura como 9ª maior do Estado.

Em relação ao setor de serviços, Uberaba apareceu de novo em sexto lugar, com participação de 2,1%. Belo Horizonte concentrou 19,9% da produção de serviços em 2013. Contagem e Uberlândia aparecem em segundo e terceiro lugar, com índice em torno de 5% da produção estadual na atividade. (GB)


Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia