JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 06 de abril de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Relatório que nega autorização para processar Pimentel aprovado na CCJ

Oposição informou que apelará ao Judiciário para tentar barrar a tramitação do requerimento do STJ para processar Pimentel

- Por Marconi Lima Última atualização: 18/11/2016 - 22:48:18.

Com sessão tensa, o relatório da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) sobre a autorização ao processo judicial contra o governador Fernando Pimentel (PT) foi recebido e lido. O texto, de autoria do deputado Rogério Correia (PT), foi aprovado e nega a autorização para investigar o governador. A partir da leitura, o relatório será publicado no diário do Legislativo e será discutido em plenário antes de ser votado.

Durante a leitura, feita pelo 1º secretário, deputado Ulysses Gomes, manifestantes protestavam nas galerias. A sessão chegou a ser suspensa por alguns minutos devido ao tumulto. O deputado João Leite (PSDB), que faz oposição ao governador, tentou suspender a sessão. “Eu não estou ouvindo a leitura”, gritava ao fundo.

Logo após a leitura do parecer do relator a sessão foi encerrada pelo 1º vice-presidente, Hely Tarquínio (PV), por falta de quórum. Sobre a negativa de conceder a fala aos parlamentares durante a leitura do texto, ele afirmou que o procedimento estava de acordo com o que havia sido acordado anteriormente com os líderes. “Não concedemos a palavra de ordem aos parlamentares devido à situação do plenário e também porque alguns deputados não se comportaram de forma correta com o que havia sido combinado”, afirmou.

A oposição informou que vai apelar ao Judiciário para tentar barrar a tramitação do requerimento do STJ para processar Pimentel. 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia