JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 06 de abril de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Piau designa comissão para tratar da própria transição de governo

De olho no início do próximo mandato, o prefeito designou integrantes para comissão especial de transição

- Por Gisele Barcelos Última atualização: 18/11/2016 - 07:42:52.

De olho no início do próximo mandato, o prefeito Paulo Piau (PMDB) designou integrantes para comissão especial de transição. A criação do grupo foi oficializada em decreto publicado na última edição do Porta-Voz.

O prefeito reeleito esclarece que a comissão não precisará realizar o diagnóstico da situação da Prefeitura, pois essa etapa do trabalho já está pronta. Piau afirma que o grupo de transição foi instituído para dar suporte na identificação das prioridades para o próximo mandato. “Sabemos os defeitos da Prefeitura e o que a comunidade precisa. Agora tão somente vamos organizar o norte para o próximo governo e vamos definir com toda a clareza o que vamos dar conta de fazer”, salienta o chefe do Executivo.

Além disso, Piau declara que a comissão de transição vai auxiliar no processo de composição da equipe para o próximo governo. O peemedebista lembra que os partidos integrantes da base aliada mudaram e a formação do secretariado também terá alterações. “Esse grupo [da comissão de transição] sabe avaliar toda essa conjuntura e vai ajudar o prefeito, com toda certeza, na definição [da nova equipe]”, declara.

Os trabalhos da comissão especial de transição serão coordenados pelo atual secretário municipal de Serviços Urbanos, Antonio Sebastião de Oliveira, que foi um dos articuladores políticos da campanha de reeleição de Piau. Também fazem parte da comissão o titular da pasta de Defesa Social, Trânsito e Transportes, Wellington Cardoso Ramos; o assessor geral de Planejamento Orçamentário, Jorge Cardoso de Macedo, e o chefe de gabinete Fernando Hueb, que é presidente do PMDB em Uberaba. Os integrantes do grupo não receberão qualquer tipo de remuneração extra.

O decreto publicado esta semana estabelece que o objetivo do grupo de trabalho é organizar informações da gestão atual para subsidiar o próximo mandato. Segundo o texto, as secretarias e órgãos devem encaminhar à comissão todas as informações solicitadas.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia