JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 23 de outubro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Vereadora volta a cobrar em plenário providências para os animais de rua

Há pouco mais de um mês, no plenário, a vereadora Denise Max (PR) chamou a atenção para o problema

- Por Marconi Lima Última atualização: 24/03/2015 - 07:45:14.

Foto: Jairo Chagas

Mais uma vez a situação dos animais de rua foi motivo de debate na Câmara Municipal de Uberaba (CMU). Há pouco mais de um mês, no plenário, a vereadora Denise Max (PR) chamou a atenção para o problema. Agora, ela mais uma vez pediu providências para que se resolva a situação.

Para Denise a situação está fora de controle e a única maneira de impedir o crescimento populacional é a castração. A vereadora lembra que a estimativa é de que existam mais de 12 mil animais vagando pela cidade, entre cães e gatos, principalmente nos bairros periféricos. “Isso acontece porque as pessoas que não querem mais os animais ‘jogam’ os pobres bichinhos o mais longe possível de casa para garantir que eles não voltem. Para acabar com essa situação caótica em Uberaba é preciso que as autoridades percebam que isso é um problema de saúde pública”, afirmou Denise.

A parlamentar também lembra que o aumento populacional não está somente entre os animais errantes, mas também dentro de casa. Ela ressalta que muitos tutores não castram seus animais porque têm dó ou porque não contam com condições financeiras para pagar a cirurgia, uma vez que, dependendo do peso e tamanho do animal, a castração chega a custar de R$300 a R$400.

Denise lembra que o trabalho de conscientização não é fácil. “Minhas assessoras estão indo às escolas apresentando o Projeto Vidinha, assim como em feiras e em eventos realizados nos bairros, conversando com as pessoas e fazendo o cadastro de castração”, afirmou. Através de ofícios e requerimentos, a vereadora já solicitou ao Executivo mais agilidade na reforma do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) para que as castrações possam ser realizadas também naquele local.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia