JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 30 de junho de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Continua depois da publicidade



Com apoio de Bolsonaro a Zema durante ExpoZebu, Carlos Viana pode sair da disputa pelo Governo de Minas

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

17/05/2022 - 15:35:44. Última atualização: 17/05/2022 - 15:36:17.

Durante sabatina do jornal Folha de São Paulo, o senador Carlos Viana (PL) admitiu a possibilidade de deixar a disputa a governador de Minas Gerais após a verificação de chances de segundo turno entre Alexandre Kalil e Romeu Zema.

Viana era, até o momento, o escolhido do presidente Jair Bolsonaro para a disputa em Minas Gerais. No entanto, durante seu discurso na solenidade oficial de abertura da 87a ExpoZebu, Bolsonaro elogiou a gestão de Romeu Zema e indicou uma possível inclinação para a reeleição do candidato do Novo.

De acordo com os dados do senador, o crescimento acumulado da pré-candidatura de Alexandre Kalil (PSD), de 27% para 30%, e do próprio Carlos Viana, de 6% para 9%. E mais, quando os eleitores associam Kalil a Lula (PT), ele passa a ser o primeiro colocado (30% para 43%), e Viana alcança 16% e quase empata com Zema, quando associado a Bolsonaro. Nesse caso, quando Zema é ligado ao pré-candidato presidencial de seu partido, o Novo, Felipe D’ávila, ele cai de 41% para 22%.

Seja por essa razão ou não, Viana disse textualmente, na entrevista, que pode abrir mão da disputa. “Se o presidente Bolsonaro entender, lá na frente, que o caminho é unificar a direita em uma candidatura só, e, pelos números, que o atual governador é o caminho, claro, não vou em momento algum ser contrário a uma decisão partidária”, afirma.

O senador afirmou ainda que o princípio de sua pré-candidatura é a reeleição de Bolsonaro à presidência para evitar o retorno do ex-presidente Lula ao governo.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia
Fechar