JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 23 de janeiro de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Continua depois da publicidade



Montes confirma que não disputa eleição e lança Marão a federal

Ao responder a questionamentos de aliados, o ex-prefeito diz que não disputará a eleição do ano que vem e se empenhará na campanha do atual presidente da Câmara

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

04/12/2021 - 07:58:52. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 04/12/2021 - 07:59:24.

Foto/Jairo Chagas

O secretário executivo do Ministério da Agricultura não descarta até a mudança de partido para viabilizar a candidatura de Ismar

Marcos Montes confirmou que não disputará eleição no ano que vem e anunciou Ismar Marão como pré-candidato a deputado federal em 2022. O projeto inicialmente está sendo construído no PSD, porém MM não descartou a possibilidade de mudança de sigla no futuro para viabilizar o nome de Marão.

Em entrevista à Rádio JM ontem, Montes contou que aliados cobraram um posicionamento sobre a candidatura porque a situação indefinida travava as articulações mais incisivas em torno do lançamento de Marão. Com isso, ele definiu o futuro político em 2022 e já comunicou oficialmente a decisão às bases. “Não serei candidato. Ismar é o pré-candidato a deputado federal do meu grupo político [...] Farei todo o esforço para que ele possa vencer as eleições”, posicionou.
Questionado se o lançamento de Marão não seria um problema para o deputado federal Franco Cartafina (PP), MM argumentou que deu suporte para Franco na eleição passada e acredita que o parlamentar agora deve ter uma base construída também em outras cidades. “Tem que dar oportunidade a outros. Ninguém ganha por W.O. Infelizmente, se inviabilizar candidatura de alguém, paciência. Vamos trabalhar para ganhar aquele que a gente quer que ganhe. Quero que o Ismar ganhe a eleição. Claro que Franco vai trabalhar também. Teve um tempo de quatro anos para aumentar a base dele fora, além dos votos em Uberaba. Por que não fazer os dois deputados federais por Uberaba?”, posicionou.
Na entrevista, Montes ainda manifestou que Ismar é um nome competitivo e com força dentro de Uberaba, mas avaliou que 2022 não deverá ser uma eleição fácil, porque haverá um número maior de candidatos a deputado federal na cidade. Ele ressaltou que o desafio será a conquista de votos nas cidades da região.
MM assegurou que trabalhará para transferir votos de fora de Uberaba para o aliado, mas revelou que existe também a possibilidade de mudança de sigla, que será analisada, para viabilizar a candidatura de Ismar no ano que vem. “Agora, que não tem mais coligações, vamos trabalhar como será. Tenho gratidão ao PSD ao qual sou filiado. Mas esse projeto do Ismar vamos analisar lá na frente. De repente, podemos também caminhar para um partido onde o coeficiente de votos seja menor. Temos até abril para estudar isso”, adiantou.
A eventual saída do PSD também não foi descartada por Ismar. No entanto, ele afirmou que ainda não há decisão tomada no momento, pois a avaliação envolverá, ainda, o posicionamento da liderança nacional do partido sobre a eleição presidencial. O vereador deve aguardar até o início da janela partidária no ano que vem para uma eventual troca de sigla.
Por outro lado, Ismar manifestou que dobradinhas devem ser construídas com outros candidatos para consolidar a base eleitoral fora de Uberaba. Segundo ele, a parceria não será restrita ao deputado estadual, Heli Andrade (PSL), do qual é aliado político de longa data. “Em algumas situações, o Heli pode me ajudar. Mas, mesmo que quisesse, seria impossível só o Heli. Não vai ter problema nenhum se eu arranjar outros deputados para dobrar fora de Uberaba. Estamos maduros para entender a situação”, finalizou.

 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia