JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 24 de maio de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Continua depois da publicidade



Com atraso na licitação, secretária garante merenda no 2º semestre

Contrato é estimado em R$26 milhões e abertura de propostas foi adiada para o dia 10 de junho e o contrato da atual fornecedora vence antes do início do 2º semestre

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

15/05/2022 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos

Secretária Municipal de Educação, Sidnéia Zafalon, acredita que o contrato com a nova fornecedora da merenda estará assinado antes do segundo semestre (Foto/Divulgação)

Apesar de atraso no cronograma da licitação para fornecimento da merenda escolar, a secretária municipal de Educação, Sidnéia Zafalon, descarta risco de alunos ficarem sem alimentação nas escolas no início do segundo semestre por entraves na contratação da empresa.

A licitação inicialmente seria aberta no dia 2 de maio, mas foi suspensa por impugnação ao edital. Empresas interessadas no contrato de R$26.033.619,30 questionaram a ausência do número previsto de dietas especiais para atender os estudantes da rede municipal. A Prefeitura disponibilizou a quantidade atual fornecida e o processo foi retomado, porém a abertura da disputa foi adiada para 10 de junho.

Pelo novo cronograma, a Prefeitura terá menos de dois meses para finalizar a concorrência, abrir prazo para contestação do resultado, cumprir os trâmites para a assinatura do contrato e ainda autorizar o início da transição entre a atual para a nova prestadora do serviço. O contrato emergencial com a Soluções Serviços Terceirizados não pode ser prorrogado.

Mesmo com o prazo curto e os problemas observados em outras licitações da pasta, a secretária acredita que não haverá empecilhos para a contratação da fornecedora da merenda e assegura que tudo estará pronto para o retorno das aulas no segundo semestre. “Tenho certeza que em 2 de agosto uma empresa estará prestando o serviço. Nenhum aluno ficará sem alimentação escolar”, disse.

No entanto, Sidnéia também declarou que a Prefeitura tem um plano alternativo para evitar a interrupção no atendimento, caso surja algum imprevisto. Questionada, ela não quis detalhar qual é a alternativa para assegurar a merenda escolar.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia