JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 18 de maio de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Continua depois da publicidade



Estudo pode apontar risco de contágio de Covid em cemitérios

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

13/05/2022 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos

(Foto/Arquivo)

Estudo deverá apontar sobre risco de contaminação em cemitérios devido ao sepultamento de pessoas que morrem por Covid-19. A pesquisa será desenvolvida por equipe da UFTM (Universidade Federal do Triângulo Mineiro) nos cemitérios de Uberaba, conforme revelou o empresário do setor funerário Adalberto Pagliaro no plenário da Câmara Municipal, nesta semana.

Idealizador da proposta, Pagliaro afirma que o objetivo é verificar se existe a possibilidade de reciclagem das sepulturas de pessoas que morreram de Covid-19 e a partir de quando seria possível abrir os túmulos para o sepultamento de outras pessoas nos cemitérios.

Na sessão, ele explicou que dentro de dois anos e seis meses começaria a renovação das sepulturas (cinco anos após o sepultamento). Por isso, existe a necessidade de ter uma resposta quanto ao impacto ambiental e o risco de contaminação no caso da abertura dos túmulos onde foram enterradas pessoas que morreram de Covid-19.

Pagliaro ressaltou que em Uberaba e no restante do Brasil as pessoas que morreram com a doença foram enterradas junto com as demais nos cemitérios, o que demanda uma análise científica para definir como serão os procedimentos a serem adotados futuramente.

Segundo o empresário, a proposta foi apresentada ao Ministério Público, à UFTM e, também, à Prefeitura, que acataram a ideia de dar andamento ao estudo sobre o risco de contaminação da biomassa.

Questionado por vereadores, Pagliaro afirma que não serão feitas exumações de corpos para análise. De acordo com ele, laboratórios externos serão montados nos cemitérios da cidade, com urnas especiais desenvolvidas para permitir o monitoramento durante todo o período de decomposição e embasar o estudo técnico.

 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia