JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 20 de outubro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Instagram deleta conta do deputado estadual Bruno Engler

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

13/10/2021 - 08:48:14.

O Instagram baniu a conta do deputado estadual Bruno Engler (PRTB) neste feriado de terça-feira (12). Indignado, o parlamentar usou outras redes sociais para criticar a medida e disse estar “tomando as medidas judiciais cabíveis”. Contudo, ele não revelou o motivo oficial alegado pelo Instagram para excluir seu perfil.

Engler sugere estar sendo perseguido por apoiar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), por ser de direita e por promover o uso de medicamentos do chamado tratamento precoce. “Meu Instagram foi deletado. Deletado porque eu sou de direita, porque eu defendo o presidente Bolsonaro. Então, vem a rede social de forma completamente arbitrária e me tira a ferramenta de divulgação do meu mandato. Amanhã, eu já vou estar tomando as medidas judiciais cabíveis. Graças a Deus, passei pela COVID tomando aqueles remédios que são proibidos de serem divulgados. Certamente, um dos motivos que pesou nos meus inúmeros cortes de alcance e também na censura da página”, disse o deputado.

Ele ainda questiona se medidas semelhantes já foram tomadas contra opositores do presidente Bolsonaro. “Mas eu deixo com vocês a reflexão: vocês já viram algum parlamentar de esquerda tendo a página deletada pelas redes sociais? Alguma página que mente descaradamente, que posta imagens do presidente decepado? Essa censura é unilateral contra os conservadores de direita”, opina.

Vale lembrar que, desde o início da pandemia, tanto o Facebook quanto o Instagram têm monitorado a disseminação de informações relacionadas à Covid-19. Posts e perfis que façam menção a tratamentos sem comprovação científica ou com divulgação de informações sem fundamento têm sido suspensos, restringidos ou banidos, com argumento de “risco de dano físico iminente”.

Recentemente, inclusive, medida semelhante foi adotada com Robert F. Kennedy Jr., filho do senador norte-americano Robert F. Kennedy e sobrinho do ex-presidente dos Estados Unidos John F. Kennedy. Ativista antivacinas no Instagram, Kennedy reunia mais de 800 mil seguidores quando foi removida, em fevereiro, pelo compartilhamento reiterado de informações falsas sobre imunizantes.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia