JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 18 de maio de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Situação do quadro de pessoal está normalizada no HR, afirma diretor

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

05/05/2021 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 05/05/2021 - 11:06:33.

Aumento na demanda devido à alta nos casos de Covid-19 pressionou quadro de pessoal do Hospital Regional em abril, mas situação já está normalizada. A informação é do diretor administrativo do HR, Frederico Ramos, que concedeu entrevista à Rádio JM e negou informações sobre déficit de profissionais para atendimento na unidade. Uma representação chegou a ser formalizada no Ministério Público para apurar o caso.

Ramos declarou que houve anteriormente dificuldade para fazer a reposição no quadro de técnicos de enfermagem porque ocorreu um aumento rápido da demanda, com a entrada de um número maior de pacientes de Covid-19. No entanto, ela afirma que a situação está regularizada. “Hoje está mais normalizado [...] Em relação aos colaboradores da parte técnica está bem mais tranquilo do que estava um mês atrás”, declara.

A denúncia protocolada para investigação da Promotoria relatou que o intervalo de descanso teria sido cortado pela metade devido ao déficit na equipe de enfermagem. Além disso, foi citado que o bem-estar dos pacientes estaria comprometido porque não havia profissionais para auxiliar na alimentação dos pacientes internados.

O diretor administrativo do Hospital Regional posicionou que o estabelecimento foi avaliado por fiscal do Coren (Conselho Regional de Enfermagem) e nenhuma irregularidade foi apontada em relação ao tratamento dos colaboradores, seja referente à escala de trabalho ou ao intervalo de descanso.

Quanto a problemas para a alimentação dos pacientes, Ramos declarou que as refeições foram servidas normalmente. Ele admite que podem ocorrer falhas, mas não é algo relacionado à falta de profissionais. Segundo ele, são casos pontuais e devem ser comunicados à ouvidoria do hospital. “Um hospital grande e cheio nesse momento, com bastante paciente internado, tem algumas questões pontuais que precisam ser revistas. Sempre vai ter. Mas são questões pontuais e não dá para generalizar e dizer que todos os pacientes estão sendo tratados dessa forma”, argumentou.

Outro problema relatado na denúncia ao Ministério Público foi sujeira em banheiros de demais instalações por falta de auxiliares de limpeza. No entanto, o diretor administrativo do HR afirma que os serviços não estão comprometidos.

De acordo com Ramos, o estabelecimento acabou de passar por fiscalização da Vigilância Sanitária e houve comprovação de que a limpeza está sendo feita de forma rotineira diariamente e, se necessário, até além dos horários previamente estabelecidos.

A denúncia sobre o déficit no quadro de funcionários do Hospital Regional foi protocolada esta semana pelo presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal, o vereador Wander Araújo (PSC), no Ministério Público. No documento, o parlamentar pede a apuração da Promotoria sobre problemas causados pela falta desde enfermeiros e técnicos até auxiliares de limpeza no quadro de pessoal. 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia