JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 03 de dezembro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Secretário estadual diz que Minas está preparada para a imunização

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

20/11/2020 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos

Com a chegada do primeiro lote da vacina produzida pela chinesa Sinovac ao Brasil, o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Carlos Eduardo Amaral, concedeu entrevista coletiva ontem e afirmou que Minas está preparada estruturalmente para oferecer a imunização contra a Covid-19, quando as vacinas forem aprovadas.

Na coletiva, Amaral posicionou que o Plano de Contingência de Imunização que está sendo executado pelo governo garante que o Estado estará pronto para a imunização contra o coronavírus. “O que nós temos é que pensar em ter insumos o suficiente para nós vacinarmos a sociedade, e isso já está muito bem encaminhado. Já temos todo o planejamento de logística, isso envolverá inclusive a Polícia Militar para termos certeza que vai chegar a vacina em todos os pontos de Minas Gerais”, disse.

Segundo Amaral, o plano de contingência começou há dois meses. O secretário manifestou que as licitações para a aquisição de insumos e equipamentos já foram feitas e o governo não espera ter problema com essa questão. “É um plano de ações em plena operação para estruturar toda a rede, adquirir insumos e, a princípio, chegando a vacina, Minas Gerais estará pronta”, garantiu.

Já em relação aos aparelhos de resfriamento para armazenamento das vacinas, o secretário também pontuou que todas regiões de Minas estão preparadas. “Hoje nós temos a rede de frio bem estabelecida no Estado, inclusive, em parceira com o Ministério da Saúde nós receberemos um pouco mais de equipamentos”, acrescentou.

Embora o sistema de saúde mineiro esteja preparado, o secretário estadual ressaltou que deverá ser seguido o Programa Nacional de Imunizações, que é gerido pelo Ministério da Saúde. “O que cabe ao estado fazer é preparar a distribuição da vacina, o treinamento da rede, para que consigamos vacinar toda população o mais rápido possível quando tivermos vacina”, afirmou.

De acordo com o titular da Saúde em Minas, assim que o governo adquirir a imunização, ela será aplicada em “grupos vacinais”, por prioridades, assim como em outras campanhas de vacinação. “A vacinação, da forma que ela está sendo pensada, a partir de grupos vacinais, nós já temos estrutura para isso em Minas Gerais. Já fazemos esse tipo de vacinação nesse monte para gripe e outras campanhas”, explicou. 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia