JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 03 de dezembro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

PF usará drones em Uberaba para coibir crimes no dia das eleições

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

28/10/2020 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 28/10/2020 - 06:56:00.

Foto/ Lucas Prates/Hoje em Dia

Delegado da Polícia Federal em Minas Gerais, Daniel Fantini, concedeu entrevista ontem, quando anunciou a inclusão de Uberaba entre as cidades que usarão o recurso na fiscalização

As eleições municipais em Minas serão monitoradas por 15 drones da Polícia Federal e Uberaba será uma das cidades onde os equipamentos serão utilizados para prevenir crimes como compra de votos, boca de urna e transporte irregular de eleitores. 

Além de Uberaba, a corporação informou que os drones serão usados também na fiscalização do pleito em outros sete municípios mineiros: Belo Horizonte, Uberlândia, Varginha, Divinópolis, Montes Claros, Governador Valadares e Juiz de Fora. As cidades escolhidas no Estado para a operação são as que contam com bases da Polícia Federal.

As imagens capturadas serão transmitidas a equipes da Polícia Federal para avaliação e adoção das medidas adequadas a cada situação. Em Minas Gerais, todas as irregularidades detectadas serão comunicadas ao Gabinete Institucional de Segurança, que irá acompanhar a investigação de cada uma.

Em entrevista coletiva ontem em Belo Horizonte, o delegado da Polícia Federal em Minas Gerais, Daniel Fantini, manifestou que o objetivo é aumentar a segurança nas principais zonas eleitorais do país. Ele estima que, nas eleições deste ano, os crimes eleitorais vão diminuir em relação aos pleitos anteriores, graças à iniciativa. “Diante de algum flagrante de crime eleitoral, policiais se deslocarão, imediatamente, para o local indicado para prender os suspeitos, que serão conduzidos para a delegacia, onde serão tomadas as providências pertinentes”, disse.

De acordo com o delegado da PF, o uso de drones também vai reduzir a necessidade da presença física de policiais em áreas onde não houver flagrantes, o que favorece o distanciamento social, medida importante para combater a epidemia do novo coronavírus (Covid-19).

Ao todo, 100 drones serão utilizados no país para ações de fiscalização no dia do 1º turno, 15 de novembro. Os equipamentos irão sobrevoar diversos municípios, sem divulgação prévia de onde eles estarão. Essa será a primeira vez que a PF usará os aparelhos de fiscalização em uma eleição.

As aeronaves, controladas de forma remota, possuem câmeras com tecnologia de ponta, capazes de identificar suspeitos, placas de veículos, distribuição de santinhos e situações de compra de votos. 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia