JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 27 de outubro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Escolhido pelo PDT, Lerin diz que gostaria de ter o apoio de Roberto Velludo no 2º turno

17/09/2020 - 12:22:57. - Por Larissa Prata Última atualização: 17/09/2020 - 12:23:58.


Em imagem que circula pelas redes sociais, Lerin (PDT) aparece em primeiro plano, com Marilda Ribeiro (PCdoB) em segundo, dando a entender que seria ele o cabeça de chapa

PDT e PCdoB vão caminhar juntos nas eleições majoritárias de 2020. O cabeça de chapa será definido ainda nesta quinta-feira (17), mas Antônio Lerin garante que seguirá até o fim do pleito mesmo que venha a ser vice de Marilda Ribeiro. Em entrevista ao Pingo do Jota, da Rádio JM, o pré-candidato ainda afirmou que espera pelo apoio de Roberto Velludo à candidatura da chapa no segundo turno. O ex postulante ao cargo anunciou apoio a Tony Carlos (PTB). 

A composição da chapa majoritária do PDT com dobradinha com o PCdoB é dada como certa, inclusive com imagem de Lerin com Marilda circulando pela internet. Nela, Lerin aparece em primeiro plano, indicando que seria ele o cabeça. “Estamos dialogando e quando nós formatamos essa aliança entre PDT e PCdoB, nós deixamos para o último momento a definição de quem será o cabeça de chapa. O que está definido é Lerin com Marilda e Marilda com Lerin”, afirmou, deixando claro que não desistirá da aliança em hipótese alguma. 

Lerin teceu elogios ao ex pré-candidato Roberto Velludo, que recentemente declarou apoio a Tony Carlos (PTB). Questionado sobre a possibilidade de expulsão do empresário do partido, o pré-candidato se esquivou de opinar, deixando a decisão a cargo do próprio PDT. 

“É uma situação que depende da executiva municipal com a executiva estadual. Eu, da minha parte, (acredito que) a gente vive num país democrático. Ele está filiado ao PDT, esta é uma campanha de dois turnos. Nesse primeiro turno ele fez a opção de caminhar com o nosso concorrente e, da minha parte, eu respeito a decisão dele e, quem sabe, no segundo turno ele pode mudar de posição e vir a nos apoiar. Eu não tenho nada contra a pessoa dele e ele não tem nada contra a minha pessoa. Nós somos filiados a um mesmo partido e, por questões de pesquisas eleitorais, a comissão executiva do PDT optou pelo nosso nome com mais chance de vencer as eleições. Respeito a posição e opinião dele, sei que o Roberto Velludo é uma pessoa de caráter, conduta ilibada, e eu gostaria muito de ter o apoio dele. Se eu não posso ter no primeiro turno, quem sabe ele possa vir no segundo turno”, manifestou. 

O discurso de paz e amor com Velludo foi além e Lerin afirmou que a situação entre os candidatos a cargos eletivos entre apoiadores de ambos está completamente pacificada. “Isso é página virada, assunto encerrado. Nós estamos hoje no PDT com a melhor chapa de candidatos a vereadores, chapa completa de mulheres e uma união nunca vista nos quadros de composição proporcionais. Os 32 nomes apresentados estão unidos no mesmo objetivo de fazer no mínimo duas cadeiras e dar sustentação a essa aliança ao PDT com o PCdoB na majoritária”, argumentou.

Leia mais

Continua depois da publicidade

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia