JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 23 de setembro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Plataforma já recebeu 10 propostas para o projeto de orçamento de 2021

06/08/2020 - 07:13:58. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 06/08/2020 - 07:26:08.


Prefeitura já recebeu as primeiras contribuições para a formatação do orçamento 2021. Com plataforma online disponibilizada no dia 3 de agosto, 10 indicações populares foram coletadas por enquanto para o projeto de lei orçamentária. O envio de sugestões pela internet pode ser feito até o dia 24 deste mês.

Para apresentar prioridades no orçamento 2021, os interessados devem responder um formulário pela internet e apontar as principais áreas para destinação dos recursos no ano que vem. Uma tabela de descrições das ações será mostrada para a escolha dos participantes.

Segundo a chefe de Planejamento Orçamentário, Taciana de Castro Balduíno, a ferramenta é de fácil acesso e a expectativa é uma ampla adesão popular no processo para elaborar a peça orçamentária. "Nós desenvolvemos uma ferramenta de fácil acesso para que toda a população possa participar. São questões vinculadas aos eixos de saúde, educação, segurança e trânsito, onde cada participante tem a opção de pontuar até duas prioridades em cada eixo”, explicou

O formulário do orçamento 2021 pode ser acessado no site http://www.uberaba.mg.gov.br/portal/conteudo,49961. Após o recebimento das contribuições, a equipe técnica da Prefeitura fará uma análise das prioridades apontadas na consulta pública e os dados servirão para compor o projeto de Lei Orçamentária Anual do próximo ano, que precisa ser encaminhado até 15 de outubro para a Câmara Municipal.

Para responder o questionário e apontar prioridades para o orçamento do ano que vem, será obrigatório informar nome completo, CPF, escolaridade, atividade profissional e endereço completo. O resultado com as propostas enviadas pela população será divulgado pela prefeitura a partir de 8 de setembro até 23 de outubro para conferência.

A consulta popular para a elaboração da peça orçamentária foi cobrada pelo pré-candidato Wagner Júnior (PROS) em entrevista à Rádio JM. Ele argumentou que o projeto não poderia ser elaborado sem a realização de audiências públicas, já que o conteúdo iria impactar diretamente no mandato do próximo prefeito eleito este ano. Em resposta, o governo municipal anunciou que uma ferramenta digital seria disponibilizada para viabilizar a participação popular no processo. 

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia