JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 25 de maio de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Segue indefinido como fica o comércio a partir de segunda

Decreto que estabelece as regras de funcionamento dos estabelecimentos vence amanhã e até a noite de ontem a Prefeitura ainda não tinha fechado questão sobre o assunto

23/05/2020 - 07:29:36. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 23/05/2020 - 07:31:01.

Jairo Chagas


Regras para a abertura das lojas foram definidas em decreto no mês de abril, cuja validade expirou na semana passada, mas acabou adiada para domingo (24)

Ao contrário do que se esperava, a semana termina sem definição da Prefeitura sobre quais serão as regras para o funcionamento do comércio e demais estabelecimentos na cidade a partir de segunda-feira (25). A validade do atual decreto termina amanhã (24) e, até o fechamento desta edição do Jornal da Manhã, não houve resposta do governo municipal sobre a prorrogação do texto vigente ou não. Também não foi informado se um novo decreto com novas regras seria publicado no fim de semana.

O imbróglio sobre o funcionamento de estabelecimentos comerciais em Uberaba começou no mês passado, devido a uma ação movida pelo Ministério Público Federal, que contestou a liberação para reabertura de lojas ocorrida em abril. A Prefeitura conseguiu validar a decisão para o funcionamento das lojas com restrições de acesso ao interior e uso de máscaras. Com isso, estava sendo analisada a partir deste mês a possibilidade para a retomada gradual de outros setores econômicos.

Entretanto, na última terça-feira (19), o juiz federal Élcio Arruda ordenou que o atual decreto vigente fosse mantido até que a testagem em massa da população fosse feita no município. A sentença parece ter inviabilizado a proposta da Prefeitura de analisar a reabertura gradual de novos setores econômicos. O cronograma previa um posicionamento ontem sobre a autorização ou não para a volta do funcionamento de galerias comerciais e shopping centers, o que não aconteceu até o fechamento desta edição, no início da noite.

No entanto, a Prefeitura também não informou se o caminho a ser seguido será apenas a prorrogação do decreto vigente, sem alteração nos segmentos atualmente liberados para funcionar, por causa da ordem da Justiça Federal. A expectativa é um posicionamento ainda no fim de semana sobre o assunto.
 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia