JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 31 de maio de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Governo envia 14,2 milhões de máscaras cirúrgicas para estados; São Paulo foi quem mais recebeu

São Paulo, epicentro da pandemia no país, recebeu o maior estoque de suprimentos; foram 3,1 milhão de máscaras cirúrgicas para o estado vizinho

30/03/2020 - 19:24:15. Última atualização: 30/03/2020 - 19:25:10.

Foto/Reuters Luis Echeverria


A proteção de profissionais de saúde tem sido uma preocupação manifestada pelas entidades dessas categorias como o Conselho Federal de Medicina 

Por Jonas Valente
O Ministério da Saúde divulgou o balanço dos equipamentos de proteção individual (EPIs) destinados aos profissionais de saúde enviados aos estados. No total, foram direcionadas 14,2 milhões de máscaras cirúrgicas, recurso fundamental para evitar o contágio de profissionais por pacientes infectados.

SÃO PAULO
Além disso, o Executivo Federal encaminhou 24 milhões de luvas para procedimento não cirúrgico, 742 mil aventais, 290 mil toucas hospitalares, 168 mil frascos de álcool etílico, 100 mil sapatilhas e 60 mil óculos de proteção. São Paulo, epicentro da pandemia no país, recebeu o maior estoque de suprimentos. Ao estado foram enviadas 3,1 milhão de máscara cirúrgicas, 3,5 milhões de luva para procedimentos não cirúrgicos, 164 mil aventais e 63,4 mil toucas hospitalares.

NOVO PEDIDO
O ministério também afirmou que está adquirindo mais 200 milhões de máscaras cirúrgicas, 120 milhões de toucas, 80 milhões de aventais impermeáveis, 40 milhões de aventais, 40 milhões de máscaras N95, 2 milhões de frascos de álcool, 1 milhão de óculos de proteção e 1 milhão de sapatilhas.
 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia