JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 29 de maio de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Comércio deve continuar fechado até 5 de abril

Na data, a situação será reavaliada para definir se o isolamento social continua ou não

27/03/2020 - 13:44:17. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 28/03/2020 - 13:23:36.

Fechamento do comércio e suspensão de aulas em Uberaba permanecem na próxima semana, mas situação será reavaliada no dia 5 de abril. O posicionamento foi dado pelo prefeito Paulo Piau (MDB) no início da tarde desta sexta-feira (27), após reunião com o comitê técnico de enfrentamento ao coronavírus.

O chefe do Executivo argumenta que no momento não há dados suficientes sobre a doença em Uberaba para liberar de imediato a reabertura do comércio, como foi reivindicado por entidades de classe. Então, a determinação é para que as lojas permaneçam de portas fechadas

Veja também: Buzinaço reúne cerca de 500 carros em prol da reabertura do comércio 

“Hoje, com as informações que temos, não podemos ser irresponsáveis de liberar a abertura do comércio. Precisamos ter mais conhecimento do que está acontecendo em Uberaba. Não temos nem resultado dos exames das pessoas com sintomas. O laboratório em Belo Horizonte não dá o resultado em tempo hábil. Vamos pagar os laboratórios particulares para nos dar essa informação”, afirma.

O chefe do Executivo também ressalta que não seria possível agora flexibilizar as regras de fechamento do comércio e suspensão das aulas porque existe um decreto estadual em vigor com as mesmas restrições.

"Recebemos orientação do MPF que o prefeito não pode afrouxar mais do que diz o decreto estadual. São informações importantes para não cometermos erro", pondera.

Piau admitiu que a previsão de isolamento até o dia 30 de abril pode ter assustado a comunidade, especialmente os empresários locais. Por isso, uma  primeira reavaliação do prazo será feita na próxima semana. 

“No dia 5 de abril, vamos fazer uma avaliação pé no chão e verificar a nossa curva de transmissão para ver se temos segurança para afrouxar as regras ou não. As pessoas tem que ter um pouco de paciência. Antes do dia 30 de abril, se o quadro normalizar, com certeza a gente vai liberar muita coisa ”, posiciona. 

Questionado sobre a carreata com buzinaço realizada na tarde de hoje para cobrar a reabertura das lojas, o prefeito declarou que as pessoas têm direito à livre manifestação, mas ressaltou que as medidas de isolamento adotadas surtiram efeito na avaliação inicial, pois a cidade registrou até o momento apenas casos importados de coronavírus.

Apesar de avaliar ser necessário pensar na retomada da economia, o prefeito salienta que as ações preventivas são necessárias porque, assim como o restante do país, Uberaba não teria estrutura capaz de atender a demanda se houver um pico de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Leia também: Decisão de reabrir o comércio não é política, mas sanitária e de economia, diz Piau 


Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia