JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 01 de abril de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Saúde prepara mutirões com recursos devolvidos pela Câmara Municipal

Ação será realizada com recursos devolvidos do duodécimo, que giram em torno de R$1,3 milhão

23/02/2020 - 00:00:00. - Por Daniela Brito

Em meio à suspensão das cirurgias eletivas para reserva técnica de leitos para o carnaval, a Secretaria Municipal de Saúde planeja os mutirões na Saúde – ação que será realizada com recursos devolvidos do duodécimo, que giram em torno de R$1,3 milhão. A expectativa é que sejam realizados cerca de oito mil procedimentos. 

A princípio, a pasta faz levantamento da demanda do município, conforme esclarece o diretor de regulação e auditoria, Luís Gustavo Rimoli, analisando cada uma das AIHs (Autorizações de Internação Hospitalar). O documento é a guia do paciente, onde está descrito qual é a especialidade cirúrgica.

Segundo ele, as AIHs foram resgatadas dos hospitais credenciados para que seja feita a apuração da demanda. Em seguida, houve a separação das fichas por município. Agora, uma equipe de técnicos está ligando para cada paciente e avaliando caso a caso. “Também queremos saber a idade do paciente, tempo de espera, entre outros dados”, completa o diretor. Inclusive, as AIHs de pacientes de outros municípios serão encaminhadas para os mesmos, para que o procedimento seja feito na cidade de origem, caso seja necessário.

Após toda esta análise, a SMS irá abrir as negociações com os prestadores de serviço, que são hospitais da Criança, de Clínicas, Beneficência Portuguesa, Mário Palmério e Regional. Somente em seguida a SMS dará início aos mutirões cirúrgicos – que também envolvem as etapas pré-operatória e o pós-operatória.

Rimoli explica que a demora é decorrente do trabalho minucioso e considerado inédito, o qual foi recomendado pela Controladoria Geral da União (SCG), que esteve analisando de perto a estruturação da gestão da SMS. Porém, ele acredita que até abril será dado início aos mutirões da Saúde. “Entendemos a demora para dar início aos mutirões, mas é um trabalho criterioso, que necessita de uma atuação técnica para dar solução à demanda do município. E ainda temos que lidar com a burocracia do serviço público”, afirma. 

No total, a SMS espera realizar em torno de mil procedimentos durante os mutirões da Saúde, que vão desde consultas e exames e cirurgia geral (hérnia, pedra nos rins, vesícula), oftalmológicos (catarata), além de colonoscopias e endoscopias.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia