JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 22 de fevereiro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Apoiadores de Bolsonaro colhem assinaturas pró-Aliança na cidade

Os esforços são para tentar formalizar o nascimento da sigla a tempo para a participação nas eleições municipais deste ano

19/01/2020 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 19/01/2020 - 11:18:43.

Foto/Fábio Braga


Grupo de apoiadores do presidente se mobilizou para a coleta de assinaturas, na praça Rui Barbosa, em favor da criação do “Aliança pelo Brasil”

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro realizam mobilização em Uberaba neste fim de semana para coletar assinaturas e ajudar no processo de criação do novo partido Aliança pelo Brasil. Os esforços são para tentar formalizar o nascimento da sigla a tempo para a participação nas eleições municipais deste ano. 

O grupo se concentrou ontem na praça Rui Barbosa para coletar assinaturas e também estará na feira da Abadia neste domingo (19). Devido ao horário de fechamento desta edição, não há informação do número de adesões no primeiro dia do movimento.

Após oficializar saída do PSL no ano passado, Bolsonaro deu início às articulações para a criação do Aliança. O registro no cartório foi feito em dezembro e agora os colaboradores apostam na descentralização para conseguir o número de assinaturas necessário para o reconhecimento do novo partido a tempo das eleições municipais de 2020.

Contando com o apoio de igrejas e entidades empresariais, os integrantes da futura agremiação já reuniram mais de 110 mil rubricas, mas precisam alcançar exatos 492.015 apoios para ganhar o registro na Justiça Eleitoral. 

Com as assinaturas recolhidas até o momento, o partido atingiu um dos pré-requisitos exigidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A legislação exige o apoio de eleitores responsáveis por, pelo menos, 0,5% dos votos na última eleição geral para a Câmara dos Deputados — o que perfaz o total de 492 mil. Além disso, é necessário ter o aval de, no mínimo, 0,1% do eleitorado em nove estados.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia