JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 07 de agosto de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Uberaba receberá R$ 455 mil para realizar cadastros no SUS

O incentivo financeiro foi anunciado esta semana pelo Ministério da Saúde e a liberação já está oficializada em portaria publicada no Diário Oficial da União

14/12/2019 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos

Uberaba receberá R$455.316,27 do governo federal para cadastrar brasileiros no SUS. O incentivo financeiro foi anunciado esta semana pelo Ministério da Saúde e a liberação já está oficializada em portaria publicada no Diário Oficial da União. A previsão é que os recursos cheguem em conta antes do fim deste ano. 

Ao todo, R$401 milhões serão repassados aos municípios brasileiros. Segundo informações do Ministério da Saúde, a verba deve ser usada por secretarias municipais de Saúde em mobilizações para impulsionar o registro de mais pessoas nos serviços da Atenção Primária, permitindo que mais brasileiros tenham a sua saúde acompanhada no dia a dia de forma preventiva. Cada uma das cerca de 45 mil Equipes de Saúde da Família (ESF) receberá R$8,9 mil em incentivo financeiro para promover ações para estimular o cadastro de moradores da região nas unidades básicas.

Continua depois da publicidade

A iniciativa faz parte do programa “Previne Brasil”, lançado no mês passado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. O objetivo é criar uma nova proposta de financiamento da Atenção Primária e os serviços de saúde que acompanharem rotineiramente as pessoas, com consultas regulares e exames, prevenindo doenças ou evitando complicações, serão recompensados. 

Um dos novos critérios de financiamento aos municípios levará em consideração o número de pessoas cadastradas nos serviços de saúde para definir o valor de recursos a ser repassado às secretarias de Saúde municipais. Ou seja, quanto mais pacientes acompanhados, mais recursos para os municípios. O objetivo é incluir mais 50 milhões de brasileiros no SUS, com acompanhamento regular da saúde.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia