JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 17 de janeiro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Duas empresas se credenciam em disputa por contrato de ‘rotativo’ com a Codiub

Duas empresas se credenciaram em chamada pública da Codiub para contratar prestadora de serviço para gestão e monitoramento de estacionamento rotativo

08/12/2019 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 08/12/2019 - 09:24:40.

Foto/Arquivo


Codiub busca encontrar parceiro para investir em tecnologia própria para oferecer o serviço de estacionamento rotativo a outros municípios

Duas empresas se credenciaram em chamada pública da Codiub para contratar prestadora de serviço para gestão e monitoramento de estacionamento rotativo. Uma das interessadas é de Recife (PE) e a outra, de Contagem (MG). 

A Codiub recebeu o credenciamento da Sertell Soluções em Mobilidade e Segurança Urbana e também GCT Gerenciamento e Controle de Trânsito. As duas empresas apresentaram toda a documentação exigida no edital da chamada pública e estão habilitadas para prestar o serviço se a companhia seguir com o processo.

No primeiro semestre deste ano a companhia já abriu uma licitação para contratar empresa especializada em gestão do estacionamento rotativo. Seis empresas se inscreveram na concorrência, mas nem uma passou na fase de testes e o certame acabou sendo cancelado em junho, e agora uma nova tentativa está sendo feita com a chamada pública.

A justificativa da Codiub para a contratação seria encontrar parceiros e investir no desenvolvimento de tecnologia própria para viabilizar o sistema de “Área Azul” a outros municípios. A companhia nega interesse em oferecer a gestão de estacionamento rotativo para Prefeitura de Uberaba, que já tem contrato com a EXP para realizar o serviço. 

A proposta da Codiub é contratar uma empresa parceira para o desenvolvimento de um software conjuntamente e abrir oportunidades de negócios, pois a companhia teria o produto para oferecer a outras prefeituras e garantir novas fontes de recursos. 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia